Reportar erro
Defesa

BBB20: Manu defende Babu para grupo de mulheres: “Refletiu”

Cantora vem tentando convencer grupo de mulheres que o ator não é um "monstro"

Cena do BBB20 com Manu
No BBB20, Manu saiu em defesa de Babu - Foto: Divulgação/Gshow
Redação NT

Publicado em 18/03/2020 às 17:45:47

Babu parece ter virado o centro das conversas entre as mulheres do BBB20 nesta quarta-feira (18). Desta vez, Manu tentou defendê-lo para Marcela, Gizelly e Daniel, que estavam no quarto tentando encontrar uma explicação para o fato do brother ter conseguido se livrar da berlinda.

Manu já entrou no Quarto Vila e passou a defender Babu em seu discurso "diversas vezes que eu pontuei coisas, outras vezes também, ele veio conversar comigo sobre, que ele parou, pensou, refletiu e veio falar. Isso diz alguma coisa, sabe? Para mim, pelo menos. Porque outras pessoas deixaram por isso mesmo e continuaram falando", comentou a atriz e cantora.

Logo em seguida, a amiga de Bruna Marquezine continuou com seu discurso para tentar apaziguar a situação. "O meu medo é ficar batendo na tecla de 'monstro'. Eu posso estar muito errada, mas é a minha impressão”, refletiu ela diante dos companheiros de confinamento.

Foi nesta hora que Marcela mostrou que não concorda com Manu, ainda que também não considere o concorrente como um monstro, deixou claro não gostar da postura dele no jogo. "Pra mim não é um monstro, mas está completamente errado", insistiu ela.

BBB20: Babu no jogo

Depois de ter vencido o paredão contra Pyong, ao lado de Rafa, na última terça-feira (17), o ator tem sido alvo de análises por parte das sisters que insistem em encontrar uma explicação para o fato de Pyong ter sido eliminado quando, na cabeça delas, Babu é quem deveria ter perdido esta batalha.

Na conversa desta terça-feira, Manu tentou ainda convencer Marcela sobre a leitura do jogo. "Quando eu pontuei que a Flayslane falou errado do Dan desse mesmo lugar, sabe? Tipo, calma", lembrou ela, mas a médica não concordou com o raciocínio "se a gente ficar usando o contexto de onde a pessoa vem, nunca vai conseguir cobrar nada de ninguém", encerrou.

Mais Notícias