Reportar erro
Exclusivo

Miá Mello estreia talk show no Nat Geo com cientistas e celebridades: "De outro jeito"

Programa estreia quarta-feira (24)

Miá Mello em seu novo programa
Miá Mello na bancada do Posso Explica - Foto: Divulgação
Naian Lucas

Publicado em 21/03/2021 às 11:47:00

Na próxima quarta-feira (24), Miá Mello estreia o talk show Posso Explicar, no National Geographic, para mostrar um lado das celebridades que poucos conhecem. A atração falará de ciência, mas os convidados vão provar que não entendem muito do assunto e contarão curiosidades de suas vidas que estejam inseridos no universo do tema. Não por acaso, ela convidou Fábio Porchat e Mônica Martelli para participarem da produção.

“O resultado disso é um monte de pessoas que a gente tá acostumado a ver, como a Mônica Martelli, Fábio Porchat, Rafael Portugal, falando coisas que eles nunca falaram. A gente para pra olhar essas celebridades de um outro jeito. No Posso Explicar, você não vai ficar sabendo o que o famoso tá pra lançar, qual o último disco, se o Vitão vai tá namorando a fulana. Você vai ficar sabendo que a mãe e a tia do Vitão viram um ET”, explica Miá em entrevista ao NaTelinha.

“Quando eu tô ali sentada, que sou da turma do fundão, e chamo o Fábio Porchat e uma Sabrina [Sato] pra falar de temas específicos, é algo tão legal. Aproxima tanto, porque mostra pra pessoa que tá em casa que a ciência não é só acadêmica, não é só um tema profundo. A ciência tá no nosso dia a dia o tempo inteiro”, acrescenta.

A apresentadora confessa que não tem conhecimento do mundo da ciência e tecnologia e acredita que esse seja o grande diferencial do programa. Na visão de Mello, esse desconhecimento faz com que a curiosidade permita ela se aprofundar no tema com perguntas aos especialistas.

“O fato de eu não ser uma cientista e não entender tanto do assunto foi muito positivo, porque me aproxima demais do público. Eu sou a mesma pessoa que tá sentada no sofá assistindo o programa. Só tem uma diferença: eu não tenho vergonha de falar que eu não sei. Eu prefiro perguntar, já passei carão de falar: ‘Quem é essa pessoa?’ e ser a pessoa mais conhecida do mundo. Mesmo assim, eu ainda prefiro perguntar, acho que vale muito a pena perguntar”, detalha.

Quando perguntada se a atração tinha alguma referência de TV aberta, ela deixa claro que não. Miá quis apenas ser autêntica e conversar com os especialistas e convidados de uma forma leve, descontraída, mas sem fugir dos principais assuntos: ciência e tecnologia.

“Eu não fui buscar uma linguagem popular, eu ofereço a minha linguagem, que é de uma pessoa que não é especialista. Eu não cheguei e pensei: ‘Deixa eu ver um jeito de ficar popular’. Não! O fato de ter uma pessoa que tá apresentando um programa e a outra que tá sentando no sofá não são especialistas sobre aquela tema, deixa a produção popular sem querer ser popular”, conta.

Miá Mello e o convite

Miá Mello estreia talk show no Nat Geo com cientistas e celebridades: \"De outro jeito\"

Miá não esconde que ficou um pouco pensativa quando soube que era um talk show, porém, ao longo do desenvolvimento do projeto, esqueceu que se tratava de um formato tão popular no Brasil. A artista explica que o fato do programa ser no National Geographic ajudou.

“O fato do programa ser no Nat Geographic foi muito importante pra eu aceitar com muito gosto, porque acho um canal muito simpático, um canal que fala de ciência e tecnologia de um jeito muito gostoso. É um canal muito interessante, então fiquei muito feliz e tirou o peso de eu pensar: ‘nossa, vou ter um talk show’”, declara.

“Eu fui convidada pela Movie, a produtora responsável pelo programa, que é do Duda Rosemberg, que veio do cinema e esse é o primeiro trabalho de televisão que ele está fazendo. Fiquei muito feliz e satisfeita, porque foi um encontro muito feliz. Ele é um cara que tem muita experiência no cinema, tem muito bom gosto”, elogia.

Convidados e segunda temporada

Miá Mello estreia talk show no Nat Geo com cientistas e celebridades: \"De outro jeito\"

Para o programa funcionar, Miá relata que a escolha dos convidados foi muito importante. Ela participou de perto da sugestão de quem poderia ser chamado para fazer parte da primeira temporada. “Os convidados são muito importantes e eu quis acompanhar isso de perto, indicando e pensando junto nos nomes. Foi uma escolha que a gente fez muito junto. Pra mim era a parte fundamental, porque eu queria que fossem pessoas interessantes e que tivessem vontade de escutar”, afirma ela.

Apesar de seus olhos e da sua equipe estarem em torno da primeira temporada, a apresentadora espera que o projeto ganhe uma continuação. “A gente tá muito animado pra fazer uma segunda temporada. Temos muita vontade de fazer uma segunda temporada”, conta.

Ela também está muito animada porque o projeto estará no catálogo do Disney+ a partir do fim do primeiro semestre deste ano. “Em junho entra no catálogo do Disney+, o que me deixou muito feliz, porque é uma das primeiras produções nacionais do Disney+”, comemora.

Pandemia

Miá Mello estreia talk show no Nat Geo com cientistas e celebridades: \"De outro jeito\"

Miá Mello acredita que é essencial que o brasileiro esteja cada vez mais em contato com a ciência e tecnologia, principalmente por causa da pandemia da Covid-19. Para que o trabalho fosse realizado, ela e sua equipe tiveram que seguir um rigoroso protocolo de segurança.

“A gente gravou o programa em outubro, quando aconteceu a fase verde e foi muito rigoroso. A gente teve uma palestra com um infectologista, depois fomos sendo testados a cada dois dias, foram feitos mais de 700 testes de Covid-19. O convidado era testado 15 dias antes e depois um dia antes do programa. Ninguém teve Covid, uma grande felicidade. Passamos ilesos. Quando parava a gravação, todo mundo de máscara, tinha acrílico, ficamos numa distância um do outro no sofá, fomos bem rígidos”, conclui.

Mais Notícias