Última exibição

Despedida improvisada de Chaves no SBT perde para a Record

Série mexicana sai do ar após 36 anos

Despedida improvisada de Chaves no SBT perde para a Record
Chaves em O Matador de Lagartixas (Foto: Reprodução/SBT)

Publicado em 31/07/2020 às 15:48:00 ,
atualizado em 31/07/2020 às 15:52:23

Por: Paulo Pacheco

O SBT exibiu Chaves pela última vez nesta sexta-feira (31), após 36 anos quase ininterruptos no ar. A série mexicana foi ao ar das 14h15 às 15h15 e, segundo dados preliminares, perdeu para Globo e Record.

No horário, o NaTelinha apurou, o SBT registrou 5,7 pontos, contra 8,1 do Balanço Geral e 10,9 do Jornal Hoje. Cada ponto equivale a 74.987 domicílios na Grande São Paulo. Os números consolidados serão divulgados na próxima segunda.

Para a despedida, o SBT escolheu o episódio O Matador de Lagartixas (1976), o primeiro levado ao ar pela emissora, em 24 de agosto de 1984, dentro do programa TV Powww!. A última exibição também contou com Reivindicação Salarial para o Chaves (1979) e Confusão no Cabeleireiro (1976).

Apesar da audiência mediana na TV, a despedida repercutiu nas redes sociais, impulsionada pela notícia em primeira mão do NaTelinha. Chaves, SBT e Televisa figuraram entre os assuntos mais comentados no Twitter.

O SBT mal teve tempo para preparar um adeus digno, porque soube que perderia Chaves na última quarta. A alta cúpula da emissora foi pega de surpresa com a mudança contratual entre a rede mexicana Televisa, detentora dos direitos das fitas, e o Grupo Chespirito, dona dos roteiros escritos por Roberto Gómez Bolaños (1929-2014).

O SBT também exibia a série nas madrugadas de sábado e nas manhãs de domingo. Aos finais de semana, também ia ao ar o Clube do Chaves, com Chapolin e outros quadros de Bolaños (Chaveco, Pancada, Doutor Chapatin e Dom Caveira).

"A informação chegou à emissora nesta última quarta-feira, por notificação da Televisa, emissora mexicana detentora dos direitos da obra produzida, na qual informa que a suspensão é devido a um problema pendente a ser resolvido com o titular dos direitos das histórias", informou o canal, via assessoria de imprensa.

"A exibição dos seriados Chaves, Chapolin e Chespirito estaria garantida até 31/7/2020, com possibilidade de renovação entre as partes, o que verbalmente havida sido confirmado. No entanto, a negativa em relação ao acordo com o grupo detentor de direitos intelectuais sobre as histórias chegou há apenas poucos dias do fim do contrato", prosseguiu.

"O SBT lamenta a decisão, principalmente em respeito ao seu público, que acompanha fielmente os seriados há tantos anos. A  emissora continua na torcida para um acordo entre as duas empresas mexicanas o mais rápido possível e, se isto acontecer, teremos o prazer de informar aos fãs de Chaves, Chapolin e Chespirito imediatamente", concluiu a nota.

Para tapar o buraco de Chaves (que durante décadas serviu de tapa-buraco para muitos horários do SBT), a rede de Silvio Santos reprisará séries como The Big Bang Theory e Patrulha Salvadora (spin-off de Carrossel). Aos domingos, estenderá o Triturando das 9h30 às 11h.

O SBT ordenou na manhã desta sexta que as afiliadas não exibam mais Chaves em qualquer horário da programação.

TAGS:






Siga o NaTelinha nas redes sociais


Reportar erro

LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!