Corinthians

Ídolo do Corinthians, Neto jogou e também comentou Brasileirão de 1990

Apresentador da Band estreou em transmissões de futebol na competição nacional

Ídolo do Corinthians, Neto jogou e também comentou Brasileirão de 1990
Neto ergue taça do Campeonato Brasileiro de 1990 (Foto: Reprodução/Instagram/10neto)

Publicado em 05/07/2020 às 05:00:00

Por: Paulo Pacheco

O Campeonato Brasileiro de 1990, conquistado pelo Corinthians, também marcou a estreia de Neto como comentarista. Sim, o ex-camisa 10 do time paulista atuou dentro e fora dos gramados naquela competição! Neste domingo (5), a Band reprisará o jogo do título e lançará a nova camisa do Timão, em parceria com o clube.

Além de ter sido fundamental para o primeiro título nacional do Corinthians, o "xodó da Fiel", como era chamado pela torcida, praticamente deu o pontapé inicial para sua carreira na TV na mesma competição, e na Band, onde trabalha há 20 anos e atualmente apresenta Os Donos da Bola.

O jogador era o principal destaque do Campeonato Brasileiro. Antes de comentar na TV, havia marcado dois gols na vitória corintiana sobre o Atlético-MG, de virada, no Pacaembu. Neste jogo, válido pelas quartas-de-final da competição, o craque levou o terceiro cartão amarelo e ficou suspenso para a partida seguinte, a segunda contra o Galo, no Mineirão.

Sem poder atuar em campo, Neto foi chamado para participar da transmissão, como convidado especial, pela Band, única emissora a exibir aquele Campeonato Brasileiro. Na época, o jogador já era conhecido pelas entrevistas autênticas, sem papas na língua. A partida, assim, ganhava um ingrediente a mais fora dos gramados.

Neto cobra falta para o Corinthians contra o Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro de 1990 (Foto: Nelson Coelho/Reprodução/Corinthians)

Neto estreia como comentarista

Em 2 de dezembro de 1990, Neto dividiu a cabine da Band pela primeira vez com o narrador Silvio Luiz e o comentarista Octávio Muniz, o Tatá. Curiosamente, o ex-jogador Mário Sérgio (1950-2016), que costumava criticar a postura do meia do Corinthians em campo, não participou da transmissão.

Desde esta partida, considerada a primeira comentada por Neto na televisão, o ex-jogador já imprimiu seu estilo particular, com dezenas de elogios a um jogador e outras dezenas de críticas a outros. O áudio da transmissão chegou a vazar gritos do jogador em lances de perigo do Corinthians (como acontece até hoje). Mesmo sendo seus colegas de elenco, ele não se censurou e ficou à vontade para “cornetar” os piores momentos.

Quando o goleiro Ronaldo Giovanelli deixou uma bola escapar, por exemplo, Silvio Luiz testou seu mais novo colega de transmissão: “Ô, Neto, o que está havendo com o Ronaldo, hein?”. O camisa 10 foi direto: “Ele tem que segurar na segunda vez, né, quando a bola chega”. Ao elogiar Fabinho, só faltou dizer que é um “baita jogador, diga-se de passagem: “Tem que dar os parabéns para o Fabinho, que a partida que ele está fazendo é coisa anormal”.

As câmeras da Band não mostravam, mas o narrador “entregou” quando o meia não quis ver a cobrança de falta de Éder, para o Galo, ou quando gritava para seu substituto em campo, Paulo Sérgio, avançar com a bola. O zero a zero classificou o Corinthians para a semifinal do Brasileirão, e o jogo do primeiro “bico” do jogador como comentarista bateu a Globo: 23 a 17, segundo o Ibope.

De volta aos gramados, Neto foi entrevistado pelo então repórter José Luiz Datena imediatamente antes do apito inicial contra o Bahia. “Foi bem de comentarista, hein, rapaz?”, elogiou o jornalista. O camisa 10 não perdoou seu crítico: “Fui bem, vou tomar o lugar do Mário Sérgio”.

Neto oficializou-se como comentarista em 1999, mesmo ano em que pendurou as chuteiras. Participou de coberturas esportivas na Record e na RedeTV!, até ser contratado pela Band, onde trabalha há duas décadas. Na emissora, consolidou seu jeito polêmico, atraiu inimigos e se firmou como uma das personalidades mais polêmicas do jornalismo esportivo.

Reprise da final

A Band reapresentará a final do Campeonato Brasileiro de 1990 em Você Torceu Aqui, faixa de reprises no horário do futebol aos domingos. A faixa de reprises terá participações de Neto e Ronaldo, jogadores do Corinthians na competição e comentaristas esportivos da emissora. A atração também será palco para o lançamento do novo uniforme alvinegro, homenageando o primeiro título nacional do clube.

A transmissão original da decisão, entre Corinthians e São Paulo, rendeu à Band uma das maiores audiências de sua história: média de 43 pontos na Grande São Paulo, com picos de 53, segundo medição do Ibope na época. No horário, a Globo marcou apenas nove pontos e o SBT, sete.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!