Novo curso

Stripper que dançou nua para Silvio Santos fatura R$ 250 mil e quer empoderar mulheres

DJ Brisa transforma assédio em empreendedorismo e se compara ao dono do SBT

Stripper que dançou nua para Silvio Santos fatura R$ 250 mil e quer empoderar mulheres
Beatriz Povreslo, a DJ Brisa, no Programa Silvio Santos

Publicado em 22/06/2020 às 04:39:00

Por: Paulo Pacheco

"Faturei mais de R$ 250 mil no conforto do meu lar". A declaração da artista Beatriz Povreslo em seu site chama tanta atenção quanto suas performances na TV e na internet. Em 2017, ela chocou a "família tradicional brasileira" ao dançar nua para Silvio Santos (relembre no final da reportagem). Nas redes sociais, como cantora e stripper, transformou em lucro o assédio que sofre por ser mulher e pela profissão que escolheu. 

Aos 26 anos, DJ Brisa, como é conhecida, quer empoderar mulheres com um curso de nome sugestivo: Bad Bitch (vadia má, em inglês). Em entrevista ao NaTelinha, Beatriz ambiciona transformar garotas em empreendedoras de qualquer área, inclusive do próprio corpo.

"O treinamento Bad Bitch é um material didático que ensina estratégias de como faturar mesmo com tanta desigualdade de gêneros ainda existente no mercado. As aulas, primeiramente, conscientizam as mulheres sobre seu devido lugar na sociedade e na história. Muito nos foi tirado com o estupro social, chamado de 'descobrimento do Brasil'. A partir daí, elas já conseguem se libertar e despertar o olhar para o que realmente são e, depois, o que gostariam de ser para a sociedade", explica.

Para Brisa, "uma mulher independente e protagonista de sua vida sempre vai se tornar uma ameaça" para os homens. Ela fala por experiência própria, já que presenciou e foi vítima de assédio e outros crimes sexuais. Por isso, emancipar garotas da opressão masculina é uma missão que ultrapassa a questão econômica.

"Faço contratos de prestação de serviços, garantindo que dançarinas não sejam assediadas, mas ainda há homens que não assinam com medo, porque não conseguem garantir isso. Crimes acontecem constantemente, inclusive em gravações de videoclipes! Meu treinamento consegue direcionar mulheres para que se protejam sozinhas e também usem isso a favor delas. Parece estranho, mas é possível e mais que justo", afirma.


DJ Brisa no Programa Silvio Santos, em 2017, e atualmente (Foto: Montagem/Reprodução/SBT/Divulgação/DJ Brisa)

A carreira de Beatriz deslanchou há três anos, quando participou do quadro Vale Tudo, do Programa Silvio Santos. Vestida como maestrina, ela regeu uma orquestra apenas com o bumbum, utilizando as técnicas de twerk, dança norte-americana da qual Brisa é especialista. Além de faturar um prêmio, recebeu elogios do dono do SBT, apesar das críticas chamando sua arte de "vulgar". 

"Não fui eu que preparei a apresentação. Aceitei uma proposta da produção. Fui corajosa! E mais: você está no caminho certo quando divide opiniões. O maior aprendizado que tive foi sobre marketing e publicidade! Seu produto pode ser valioso, mas nem todos conseguem enxergar por uma série de buracos sociais e até mesmo gosto. Sei que ele [Silvio] transformou pouco em muito! Tenho vocação para isso também. Transformei traumas horríveis, que poderiam ter me paralisado, em revolução! E também jogo dinheiro para o alto", brinca.

Confira o momento em que DJ Brisa se apresentou para Silvio Santos e deu o que falar:





LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!