Reportar erro
Fim da linha

Diretor do SBT responde fãs de Rebelde e deixa bem claro: "Não podemos exibir"

Novela mexicana não faz mais parte dos direitos de exibição do canal

Formação dos protagonistas de Rebelde
Rebelde não pode ser reprisada no SBT - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 11/06/2020 às 15:51:11

Murilo Fraga, diretor de programação do SBT, usou as redes sociais nesta quinta-feira (11) para colocar um ponto final sobre os boatos de uma possível volta da novela mexicana Rebelde para a emissora. Ele afirmou que o canal de Silvio Santos não tem mais os direitos para exibir a trama.

Em seu perfil no Twitter, Fraga fez o desabafo. “Uma informação, com toda a delicadeza, para aqueles que insistem em não entender sobre direitos: Rebelde não é nossa! Não podemos exibir!!!! Mais claro que isso, impossível”, escreveu o diretor usando caixa alta para explicar a situação.

O tom de desabafo do diretor é explicado por conta da pressão que a cúpula do SBT vinha recebendo para reprisar a novela mexicana durante a quarentena. Assim que Chiquititas foi anunciada como a substituta de As Aventuras de Poliana, houve grande comoção nas redes sociais pedindo por Rebelde, o que levou até Fernando Pelégio, diretor de Planejamento Artístico e Criação do SBT, a ir às redes sociais justificar a reprise.

Os fãs de Rebelde sempre que podem fazem pressão para o SBT retornar com a trama teen que conquistou o público brasileiro e gerou até uma versão nacional, mas feita pela Record e que alçou ao sucesso nomes como Chay Suede e Sophia Abrahão. 

Rebelde no SBT

Rebelde foi ao ar no SBT pela primeira vez em 2005 e teve 422 capítulos exibidos, terminando com a média geral de 9,4 pontos. Mas houve momentos de alta, chegando atingir média de 17 pontos em alguns momentos que esteve no ar.

Exibidas em momentos diferentes nas reprises, as temporadas também foram ao ar em outras oportunidades, sendo a última delas em 2015, quando foi ao ar a terceira temporada e que marcou apenas 4,9 pontos de média, praticamente a metade da versão original.

Mais Notícias