Ordem do chefe

Silvio Santos manda SBT exibir duas vezes falas de Bolsonaro em reunião ministerial

Discurso de 14 minutos do presidente será exibido antes e depois do Programa Silvio Santos

 Silvio Santos manda SBT exibir duas vezes falas de Bolsonaro em reunião ministerial
Silvio Santos teria suspendido exibição de telejornal para abafar polêmica envolvendo Jair Bolsonaro - Foto: Montagem NT

Redação NT

Publicado em 24/05/2020 às 15:09:00,

O SBT vai exibir neste domingo (24), a mando de Silvio Santos, a íntegra das falas de Jair Bolsonaro na reunião ministerial de 22 de abril. A decisão se deu um dia após o Dono do Baú tirar do ar o telejornal SBT Brasil, substituído por uma reprise do Triturando a fim de abafar as polêmicas do caso e evitar rusgas com o presidente da República.

continua depois da publicidade

Segundo informações do colunista Lauro Jardim, de O Globo, o discurso de Bolsonaro será transmitido duas vezes na grade do SBT: uma antes e outra depois do Programa Silvio Santos. A exibição será sem cortes, com 14 minutos de uma fala que inclui palavrões e xingamentos a adversários políticos.

Ainda segundo Jardim, Silvio assistiu à íntegra da reunião e teria dito a um interlocutor: "O povo brasileiro tem que assistir também". O vídeo em questão foi divulgado na sexta-feira (22) pelo ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), e é parte do inquérito que investiga a suposta tentativa de interferência do presidente na Polícia Federal.

continua depois da publicidade

No sábado (23), após a suspensão do SBT Brasil a mando de Silvio Santos, o NaTelinha informou que o dono da emissora teria tomado tal atitude após ser informado pelo seu genro, o deputado federal Fábio Faria, marido de Patrícia Abravanel, que o secretário de comunicação do governo, Fábio Wajngarten, telefonou para ele reclamando da edição de sexta-feira do telejornal.

O aliado do presidente teria apontado que o SBT Brasil acabou concluindo, em cerca de cinco minutos de reportagem, que Sergio Moro estava certo em sua denúncia de que Bolsonaro teria tentado interferir na PF. Por esse motivo, pela primeira vez em sua história de quase 15 anos, o SBT Brasil deixou de ser exibido.

continua depois da publicidade