Reportar erro
Estreia

Em estreia na CNN Brasil, Mari Palma se emociona e interrompe colega

Apresentadora comandou o Live CNN Brasil com Phelipe Siani

Mari Palma e Phelipe Siani
Mari Palma e Phelipe Siani - Foto: Reprodução/CNN Brasil
Redação NT

Publicado em 16/03/2020 às 14:33:00

Mari Palma e Phelipe Siani estrearam o programa Live CNN Brasil nesta segunda-feira (16) e a apresentadora protagonizou dois momentos atípicos. Logo no começo, ela se emocionou ao dar início ao programa e, durante a edição, a jornalista interrompeu a fala do comentarista de economia Fernando Nakagawa.

“Pela primeira vez, esse é o Live CNN”, começou Mari. “A primeira de muitas”, completou Phelipe. “A primeira de muitas e estou um pouco emocionada, porque é muito especial pra gente”, relatou Palma com a voz embargada e limpando o olho. “É especial mesmo, a gente tá há meses preparando isso com muito carinho”, explicou Siani.

Durante o jornalístico, Nakagawa foi chamada para explicar a situação da bolsa de valores nesta segunda, que vem tendo queda por conta da pandemia do coronavírus. Fernando estava um pouco atrapalhado e Mari acabou o interrompendo.

Mari Palma e Phelipe foram contratados em julho do ano passado e tratados como o novo “casal 20” do jornalismo. “Mais dois grandes talentos chegam ao time da CNN Brasil e o futuro canal começa a tomar corpo. Motivo de muito orgulho poder contar com profissionais reconhecidamente tão competentes”, declarou Douglas Tavolaro, CEO e fundador da CNN Brasil, na época que o acordo foi anunciado.

Carreiras de Mari Palma e Phelipe Siani

Em estreia na CNN Brasil, Mari Palma se emociona e interrompe colega

Ela iniciou sua trajetória como jornalista na Globo, fazendo estágio. Formada, passou a trabalhar no portal de notícias da empresa e logo foi parar na TV aberta com o bloco de notícias G1 em Um Minuto. Seu estilo despojado chamou atenção da direção e ela foi levada para o Fantástico. Sua última atuação na emissora foi como repórter do Mais Você.

Já Phelipe Siani ficou na antiga emissora durante oito anos. Nos últimos tempos, era repórter especial, passando por Jornal Nacional, Bom Dia Brasil, Fantástico, Jornal da Globo e Globo Rural.

Mais Notícias