Polêmica

Ximbinha é acusado de agredir cantora da sua banda: "Surto de fúria"

Cantora entrou ao vivo no programa de Sônia Abrão

 Ximbinha é acusado de agredir cantora da sua banda: "Surto de fúria"
Carla Maués e Ximbinha - Montagem/Reprodução

Redação NT

Publicado em 15/01/2020 às 18:28:42,

Na tarde desta quarta-feira (15), o programa A Tarde é Sua, comandado por Sônia Abrão, repercutiu o caso de acusação envolvendo Ximbinha, onde Carla Maués, que participou do projeto Cabaré do Brega com o músico, está o acusando de agressão.

continua depois da publicidade

A apresentadora da RedeTV! iniciou comentando o vídeo que repercutiu nas redes sociais, feito por Wlad, um ex-deputado e amigo íntimo de Carla, que expôs toda a situação, que teria acontecido um pouco antes do Revéillon, em um estúdio de Belém.

Como uma forma de esclarecimento, a cantora entrou ao vivo na atração vespertina, que deu detalhes sobre como tudo aconteceu. "Eu venho sofrendo, na verdade, esse tipo de humilhação, sabe? Ouvindo ele dizer que eu sou feia, que eu sou gorda, que a minha voz não é bonita, que a minha voz não é boa... Entre outras coisas que é ruim até de ficar alimentando, que me fizeram muito mal durante esse tempo todo, que eu estive lá... E a gota d'água foi esse dia, dessa agressão, na frente da minha filha", iniciou.

continua depois da publicidade

Sônia Abrão então pediu detalhes de como aconteceu essa agressão, questionando se foi algo psicológico ou físico, e ela então explicou tudo. "Ele veio pra cima de mim, e num surto de fúria, crise de fúria... Não sei como é que chama isso daí... Mas, é... Uma coisa... A pior coisa, que eu nunca vi um negócio desse na tua frente. E ele veio pra cima de mim, não sei se ele iria me bater, mas veio me chamando de... Eu não posso falar aqui no ar... Em respeito as famílias que assistem o teu programa... As palavras que ele me xingou", lamentou ela.

continua depois da publicidade

Carla continuou detalhando a história: "E quando ele veio vindo pra cima de mim, aos gritos, e eu fui recuando, eu só tive o impulso de virar e procurar minha filha, onde ela tava, e quando me dei conta que ela tava assistindo tudo... Ela tava parada, congelada, aterrorizada... aí eu respirei, pedi pro Edilson Moreno tirar minha filha dali. E ele continuou aos gritos, e o DB, que é o nome do estúdio, que é uma pessoa de bem".

continua depois da publicidade

Ela fez questão de ressaltar: "O Edilson Moreno e o DB, eles não tem absolutamente nava a ver com isso. Eles apenas ajudaram a gente". Os dois também foram responsáveis por tirá-la do local onde a confusão estava acontecendo.

Cantora revela como foi agredida por Ximbinha

A titular do A Tarde é Sua questionou ainda o que aconteceu antes de tudo, deixando claro que nada justificaria. 

Carla, então, explicou: "Naquela manhã, eu havia falado com a Karen, que é a esposa dele e é a produtora do Cabaré do Brega... E mandei mensagem perguntando por que nós estávamos em estúdio gravando um monte de coisa, que a gente também não sabia direito o que é que era... Não sabia se era um CD, um DVD... Se era um show novo... Porque ele não fala direito pra gente claramente as coisas. Então nós estávamos indo todo dia pro estúdio, nós viajávamos todo final de semana, chegava durante a semana e direto pro estúdio, e gravando, gravando, gravando... E nesse dia, foi uma quinta-feira, nós íamos viajar de madrugada. Aí eu acordei logo de manhã, porque eu tava com um monte de coisa acumulada daqui, da minha vida pessoal... que eu tenho família. Aí eu mandei logo uma mensagem para a dona Karen, para perguntar pra ela se eu ia precisar ir para o estúdio naquele dia, e ela me dispensou".

continua depois da publicidade

Ainda no relato, ela contou que Ximbinha ligou no meio da tarde, pedindo para que ela fosse para o estúdio, e foi então que tudo começou a acontecer. "Quando eu cheguei lá, que ele viu a minha filha, ele falou: 'ela não pode ficar aqui, ela tem que ir embora'. Aí eu falei: 'Mas eu não tenho como mandar minha filha embora'. Daí ele falou: 'Mas se você precisava vir pro estúdio, não tinha que trazer tua filha'. Aí eu expliquei que eu não vinha pro estúdio. Eu fui dispensada do estúdio hoje para resolver minha vida pessoal, por isso eu to com a minha filha. Não tinha estúdio agendado pra mim hoje, ainda peguei o celular e mostrei pro DB', mostrando então as mensagens que ela tinha feito anteriormente, e continuou: "Se eu sou uma profissional, e tenho um horário agendado de trabalho, é óbvio que eu não vou levar minha filha. Aí... foi o suficiente, foi isso", revelou.

continua depois da publicidade

Depois da explicação dada, Ximbinha teria ficado irritado e começou a gritar com Carla. "Tava agendado sim. Se não gosta de trabalhar vai embora", e nesse momento a confusão começou.

Filha com dificuldades

Após detalhar como tudo aconteceu, ela começou a falar mais sobre a filha, que acabou ficando preocupada com a mãe. "Ana Clara tem seis anos, Sônia. A Ana Clara está com dificuldades. Ela acorda no meio da madrugada, chorando. A Ana Clara, todas as vezes que tive que trabalhar, ela entrou em pânico, implorava para a minha mãe, a vó dela: 'não deixa a minha mãe trabalhar, que o Ximbinha quer machucar a minha mãe'. Então eu sair para trabalhar virou um sofrimento para a minha filha", lamentou.

continua depois da publicidade

Carla ainda contou que teve que honrar todos os compromissos da agenda até o final do ano. Ela estava no projeto já em um período de dois anos.

Outros problemas de Ximbinha com a banda

Ao ser questionada se esse tinha sido a primeira vez que Ximbinho tinha perdido a razão, a cantora confirmou que sim, mas começou a contar outros momentos difíceis que ela presenciou nesse período em que esteve na banda.

"Quando nós começamos o projeto, ele [Ximbinha] estava em depressão, no chão. Tava quase. A última cantora tinha abandonado ele. Então no começo do projeto, o primeiro ano, ele tava muito humilde, amigo de todo mundo, muito querido", destacou, ainda contando que ele pediu para que todos acreditassem nele e no projeto, só que isso teria sido temporário. "Quando o projeto começou a dar certo, a postura dele começou a mudar", pontuou.

continua depois da publicidade

A partir desse momento, de acordo com Carla, o músico começou a fazer comentários negativos sobre ela e toda a equipe, seja criticando algo da parte profissional como a voz de alguém, ou algo físico, como o peso de outro.

Sônia Abrão então perguntou se ela tinha o desejo de processar, e ela confirmou que sim. "Eu não tinha me pronunciado antes, por que eu não tinha como contratar um advogado pra me defender, porque eu não tenho dinheiro", contou, e ainda acrescentou que nunca recebeu um bom cachê, pois as alegações eram de que o Cabaré do Brega não dava lucro.

continua depois da publicidade

Em outro momento, quando o assunto foi em relação ao temperamento de Ximbinha, sobre o período em depressão, a cantora garantiu que acredita que isso faz parte dele. "É da natureza dele. Ele gosta de humilhar as pessoas. Ele sente prazer em humilhar as pessoas. Isso não tem nada haver com remédio não. Isso não tem nada a ver com cachaça, nem com remédio. Isso é da índole das pessoas", comentou.

continua depois da publicidade

Após o acontecido, Carla afirma que está sendo prejudicada pelo famoso. "Ele está tentando me denegrir, falando mal de mim para as pessoas. Tá tentando me impedir de trabalhar, falando com os empresários que eu ainda tenho contrato com ele", desabafou.

Nota da assessoria de Ximbinha

Após escutar a ex-membro do Cabaré do Brega, a apresentadora ainda leu uma nota que foi enviada pela assessoria de Ximbinha que comenta toda essa polêmica.

continua depois da publicidade

"Em relação ao vídeo veiculado pelo vocalista aposentado da falida banda Wlad nas redes sociais, informamos que o projeto Cabaré do Brega tomará todas as medidas judiciais cabíveis e processará o contador de histórias infundadas, e agressor de professor, como demonstra um vídeo. Pelas acusações infundadas que foram feitas ao grupo Cabaré do Brega. Ele será processado por calúnia, difamação, injúria, constrangimento, dano moral, prejuízo comercial e ameaça. Todos os procedimentos nesse sentido estão sendo já sendo instaurados", disse a nota, que também adiantou que já foi escolhida uma nova vocalista para o grupo.

continua depois da publicidade

Sônia Abrão faz desabafo

Muito criticada por em outras oportunidades ter ficado ao lado de Ximbinha, Sônia Abrão deu o seu recado para o músico, deixando claro que dessa vez, não vai apoiá-lo. "Apesar de gostar de você, eu acho que não dá pra passar a mão na cabeça. Não dá pra apoiar. Não dá pra dizer que tá certo. Não tem desculpa pra esse tipo de coisa. Não tem, ainda mais quando ela é feita na frente de uma criança. Não se respeita a criança, não se respeita a mãe da criança. Não se respeita a profissional. Não se respeita quem compartilha um palco com você, e topou o desafio, de todos se levantarem juntos  e voltarem a fazer sucesso, quer dizer, não pode ser assim".

continua depois da publicidade

O desabafou seguiu: "Então fica uma coisa, que precisa de uma retratação urgente, e mais do que isso, precisa-se disso, não é? Em termos de dar satisfação inclusive ao público. De desculpas que a Carla merece. Por mais que esteja dizendo que o cara fez isso ou aquilo, que pode não ser verdade. Essa história é lá com ele, resolve, vai processar? processe. Mas com a Carla Maués, que a gente conhece, que a gente sabe que quem é. E uma mulher receber um tratamento como esse, se fosse um homem também... Nada justifica. Eu acho um absurdo. Eu acho simplesmente um absurdo. Não dá pra realmente isso passar em branco [...] Eu acredito no que ela diz, e eu espero que ele se pronuncie sem essa história aqui de assessoria".

continua depois da publicidade

Em outro momento, ela ainda reforçou que não retira nada do que disse na época da separação dele e da Joelma, onde ela ficou do lado dele. "Isso continua valendo, não me arrependo. É o meu ponto de vista, e continua sendo. Agora dali pra frente esse tipo de coisa, e se repete, aí não dá para aceitar. O que é justo, é justo. O que merece, merece. Agora o que não pode ser feito, não pode ser feito. E fim de papo", encerrou.

continua depois da publicidade