Retratação

Após acusar Datena de assédio, repórter volta atrás: "Foram brincadeiras"

Bruna Drews afirmava ter sido vítima de assédio sexual e moral

Após acusar Datena de assédio, repórter volta atrás:
Foto: Montagem NT

Publicado em 27/10/2019 às 17:00:00

Por: Walter Felix

A repórter Bruna Drews, que acusou José Luiz Datena de tê-la assediado sexualmente, voltou atrás e se retratou publicamente sobre o episódio. Além de retirar a acusação, a ex-contratada da Band registrou um documento em cartório, alegando nunca ter passado por qualquer situação de constrangimento com o colega de trabalho.

No processo judicial movido por Bruna Drews, ela afirmava ter sido vítima de assédio moral e sexual por parte de Datena, em transmissões do Brasil Urgente, comandado pelo apresentador, e em uma confraternização da equipe, realizada em 7 de junho de 2018.

Em certa ocasião, Datena teria dito à jovem que ela não precisava emagrecer pois "era muito gostosa". Segundo a antiga acusação, o jornalista ainda teria revelado que se masturbava pensando na repórter, além de ter-lhe dito que considerava um "desperdício" o fato de ela namorar outra mulher. 

VEJA TAMBÉM

"Tais fatos não condizem com a realidade e nunca ocorreram", esclarece a repórter no documento de retratação. Ela ainda afirma que os vídeos de programas ao vivo, juntados aos autos, "não passaram de brincadeiras". Nunca houve constrangimento de sua parte, ainda segundo a declaração.

Na sequência, Bruna pede desculpas a Datena e sua família pelos "transtornos causados, pretendendo que a retratação sirva para restabelecer qualquer dúvida em relação à sua idoneidade". Com o documento, ela também abre mão de possíveis indenizações decorrente de assédio sexual e moral alegados.

Confira a íntegra do texto:

"A presente se trata de uma retratação em razão de processo judicial, movido por mim, que afirmei ter sido vítima de assédio sexual em transmissões do programa de televisão Brasil Urgente, da emissora Band em confraternização ocorrida em 07 de Junho de 2018 e em outras oportunidades. Ainda esclareço, que tais fatos não condizem com realidade e nunca ocorreram, sendo que os vídeos dos programas ao vivo, juntados aos autos, não passaram de brincadeiras, consignando que não me senti constrangida com referidos evento e aproveito a declaração para, também, pedir desculpas ao Senhor José Luiz Datena e sua família pelos transtornos causados, pretendendo que a presente retratação sirva para restabelecer qualquer dúvida em relação à sua idoneidade. E por fim, renuncio a qualquer direito e a eventuais reflexos relacionados com o pedido de indenização decorrente de assédio sexual e moral alegados, perante todos os órgãos administrativos e judiciais, em qualquer grau de jurisdição, nas esferas trabalhistas, cível e criminal."

Ainda no sábado, Bruna Drews postou uma foto em seu perfil no Instagram com os dizeres "É melhor ser feliz do que ter razão". Na legenda, ela sinaliza "Entendedores entenderão".


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!