Reportar
erro
Queda

Rachel Sheherazade culpa crise econômica por baixa arrecadação no Teleton 2019

Jornalista lembrou alto índice de desemprego no país


Rachel Sheherazade
"Os pobres estão mais pobres", comentou Rachel Sheherazade - Foto: Zé Paulo Cardeal/SBT
Por Walter Felix, com Sandro Nascimento

Publicado em 26/10/2019 às 17:14:00

A jornalista Rachel Sheherazade foi uma das apresentadoras do Teleton 2019 na tarde deste sábado (26). Nos bastidores da atração, ela comentou a baixa expectativa em torno das doações para este ano. Segundo a âncora do SBT Brasil, a crise econômica é a responsável pela queda nas doações.

"O poder de compra do brasileiro caiu drasticamente. Temos 12 milhões de desempregados no Brasil. Sensível a todos esses problemas econômicos por que passa o nosso país, a direção do Teleton decidiu baixar a expectativa de arrecadação", disse Rachel Sheherazade, em conversa com o NaTelinha.

No início da tarde de sábado, o apresentador Luis Ricardo, no palco do Teleton, informou que as doações, até aquele momento, estavam 30% abaixo do que o projeto conquistou no mesmo período em 2018.

"As pessoas estão ganhando menos. Os pobres estão mais pobres. É preciso também ter ciência disso e pedir de acordo com o que cada um pode dar. O que cada um puder doar vai ser muito bem vindo", comentou Sheherazade.

Teleton é uma "corrente de solidariedade"

Rachel Sheherazade também elogiou o Teleton, cujas doações são destinadas à Associação de Assistência à Criança Deficiente - AACD. "É a oportunidade de fazer o bem. É uma corrente de solidariedade e a gente consegue se tornar um elo nessa corrente", definiu a jornalista.

"Nessa vida louca, corrida, egoísta que a gente leva, é bom ter um momento de parar e pensar no outro. O Teleton é acolhimento pras pessoas que precisam, solidariedade, amor, afeto, cuidado, assistência. É a diferença pra vida de muita gente", prosseguiu.

Ela também enfatizou a importância da participação das empresas nos processos de doação. "É vital. Não se pode pensar em uma empresa sem pensar na responsabilidade social", opinou Sheherazade.

A jornalista acrescentou, ainda, que trata-se de uma oportunidade de promoção das marcas. "É a boa propaganda. O público passa a saber que está adquirindo o produto de uma empresa que tem responsabilidade, que entrega de volta para a sociedade um pouco do seu lucro. Isso é cidadania", finalizou.

Mais Notícias