Reportar erro
2020

Com concorrência alta, CNN Brasil fez concurso para contratar

CNN Brasil realizou processo seletivo para 23 vagas; emissora estreia em 2020
Divulgação
Daniel César

Publicado em 21/10/2019 às 20:54:23

Após ter anunciado abertura de vagas para o processo seletivo a fim de contratar estagiários, a CNN Brasil realizou o processo seletivo no último sábado (19) na cidade de São Paulo. A concorrência foi tão alta que chegou a ser comparada a de grandes concursos públicos do país.

No total, 754 estudantes de 130 faculdades participaram da prova e disputaram as 23 vagas disponíveis para a CNN Brasil a partir de 2020. A concorrência foi de 33 candidatos por vaga, disputa considerada acirrada.

Este número, no entanto, poderia ser bem maior não fossem os critérios estabelecidos pela emissora em parceria com o CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola). É que 1297 estudantes se cadastraram para participar do processo seletivo, porém 543 não cumpriram os requisitos, ou seja 42%. A emissora não explicou quais foram os critérios descumpridos pelos universitários.

Ao todo foram 50 questões de múltipla escolha com perguntas de conhecimentos gerais, além de uma prova de redação. A CNN Brasil explicou que os estudantes aprovados na primeira fase ainda serão avaliados num segundo momento numa dinâmica em grupo, prevista para o mês de novembro.

O CEO and founder da CNN Brasil, o jornalista Douglas Tavolaro falou sobre a prova. “Fazer parte do grupo de estagiários da CNN é algo muito importante para a carreira desses jovens. Além de terem a possibilidade de permanecerem conosco após suas formações, a experiência acumulada será um marco importante na formação pessoal de cada um. O grande interesse de alunos de diversas faculdades e a transparência do processo seletivo nos deixam muito satisfeitos”.

A nota oficial da emissora não informou quando deve sair o resultado da primeira fase do processo seletivo.

CNN Brasil e contratações

Mesmo antes de ter data oficial de exibição no Brasil, a CNN Brasil vem investindo pesado em contratações. O canal de notícias já anunciou nomes pesados como o de William Waack e Evaristo Costa.

Além deles, também foram contratados pelo canal Monalisa Perrone, que deixou a Globo, e Reinaldo Gottino, trocando a Record pela emissora.

Recentemente, a rede de notícias confirmou que já garantiu acordo com a Claro/Net e estará disponível no pacote intermediário dos assinantes da operadora.

TAGS:
Mais Notícias