Exclusivo

Gafe exibida em A Dona do Pedaço gera demissões na Globo

Patrocinador reclamou de cena exibida na novela escrita por Walcyr Carrasco

Gafe exibida em A Dona do Pedaço gera demissões na Globo
Reprodução/Globo

Publicado em 11/10/2019 às 04:44:16 ,
atualizado em 14/10/2019 às 09:12:53

Por: Sandro Nascimento

A gafe ocorrida no capítulo 105 de A Dona do Pedaço, em torno de uma ação de merchandising  de um aplicativo de delivery protagonizada pela descolada Kim (Monica Iozzi), incomodou o patrocinador da novela e gerou demissão no setor responsável pelo marketing da Globo.

A sequência polêmica foi exibida no dia 18 de setembro. A propaganda iniciou quando Rock (Caio Castro) conversava com Zé Hélio (Bruno Bevan) em uma pizzaria, buscando uma forma de fazer o negócio de bolos de Maria da Paz (Juliana Paes) decolar nas plataformas digitais. Ao fundo da cena, o logo do iFood aparecia estampada no uniforme e nas mochilas dos entregadores.

"Sabe o que eu vou fazer? Vou me oferecer pra fazer toda a parte digital da nova confeitaria. De repente ajuda a divulgar e ela passa a vender mais", conta Zé Helio para o irmão. Nesse momento, ocorre uma pausa e Rock passa a mirar seu olhar para os entregadores: "Vou te falar que você me deu uma ideia de gênio, mano. Você entende melhor que eu mas vou tentar te explicar".  O merchan do aplicativo termina tendo cerca de um minuto no ar.

Porém, logo após, a personagem Kim, que tem como profissão assessorar pessoas a se tornarem influenciadoras digitais, conversa com Márcio (Anderson Di Rizzi) por telefone. Na cena, Kim é avisada pelo namorado que ficará mais tempo no trabalho, e por isso, não poderá jantar com ela num restaurante. Em seguida, o gerente da fábrica de bolos sugere que a amada peça uma pizza.

"Hello. Vou acabar engordando e engordando muito. Enfim, é o jeito, pizza. Vamos lá. Então, beijos querido. Tô com saudades", encerra a assessora de Vivi Guedes (Paolla Oliveira). Em seguida, Kim pega o telefone e liga para a pizzaria: "Alô, eu queria fazer um pedido. Uma pizza".

O NaTelinha apurou que o patrocinador teria reclamado aos responsáveis pela área comercial da Globo sobre a gafe exibida em A Dona do Pedaço. De acordo com fontes ouvidas, o iFood estaria canalizando boa parte dos seus investimentos em publicidade no produto de maior audiência da televisão, com o intuito de popularizar sua plataforma e quebrar um hábito de consumo: a solicitação do serviço de delivery via telefone.

Com a cena exibida de Kim, a Globo reforçou um hábito que contraria os interesses do seu patrocinador. No início de outubro, alguns funcionários do setor responsável pelo merchan na dramaturgia foram demitidos. Dentro da emissora, a atitude tem sido encarada como consequência do erro exibido em A Dona do Pedaço.

Outro lado

Após a publicação da reportagem, a Globo enviou o seguinte comunicado: "Não procede a informação sobre demissões na área de criação e produção de ações de conteúdo publicitário da Globo, após ativação de iFood em 'A Dona do Pedaço'. Também não é verdadeira a informação de que um possível incomodo da marca com o ocorrido tenha motivado o corte de pessoas da equipe. A Globo lamenta a publicação das informações sem ter sido ouvida e reforça que a relação com iFood se mantém sólida, inclusive com a previsão de novas ações e projetos relacionados à trama da novela das nove".

Já o iFood não se posicionou sobre a matéria.

Nota da redação: O NaTelinha procurou a Globo, por e-mail, na quinta-feira (10/10) às 09h36, com o deadline da matéria. Seu posicionamento chegou às 15h08 desta sexta (11), após a publicação e repercussão da reportagem. Além de ser contato por e-mail, ao longo do dia de ontem, diversas ligações foram feitas para a assessoria de imprensa do iFood, que não atendeu em nenhuma ocasião. Isso ocorreu mesmo após ter trocado mensagens por WhatsApp com a empresa, que informou o endereço eletrônico para o envio da solicitação. 

O NaTelinha mantém todas as informações.

Repercussão da gafe de A Dona do Pedaço

A atrapalhada no merchandising do aplicativo de delivery na novela de Walcyr Carrasco acabou tendo uma forte repercussão na web, onde internautas começaram a debater sobre a sequência exibida.   

No dia seguinte do capítulo exibido, com um post escrito em caixa alta, o próprio iFood expôs sua insatisfação com a cena levada ao ar na Globo, em tom de piada: "PÔ, WALCYR ONTEM VOCÊ FOI CARRASCO COLOCAR A KIM LIGANDO PRA PEDIR PIZZA? ISSO É TÃO 2006". 

Em seguida, o aplicativo de entrega publicou um video em seu perfil no Twitter lançando o cupom promocional "AprendeKim".

Anti-merchan na novela O Sétimo Guardião

Não é a primeira vez que a Globo enfrenta reclamações de patrocinadores com gafes exibidas em suas novelas. Demonstrando, assim, deficiência de integração entre a área criativa e o setor comercial.

No dia 09 de maio, no capítulo 154 de O Sétimo Guardião, o canal exibiu um anti-merchan durante um diálogo num jantar de família entre os personagens de  Letícia Spiller, Dan Stulbach, Bruna Linzmeyer e Caio Blat, que irritou as empresas de comidas congeladas.

 "Quando eu me cansar dessa sola de sapato, que parece uma lasanha, sabe o que vai me restar? O jejum", disparou Eurico (Dan Stulbach), deixando a mesa do jantar.

Na época, no plano comercial de O Sétimo Guardião ao mercado publicitário, constava a seguinte informação: "A novela funciona como um verdadeiro filtro para brasileiros. É como uma espécie de curadoria estética para o público. As novelas da Globo apresentam novos estilos, roupas, músicas, decoração, as cores do esmalte, e tudo isso é percebido pelas pessoas que diariamente procuram a Central de Atendimento ( CAT) em busca de referências. A influência também pode acontecer com hábitos, pensamentos, vocabulário, música. Isso tudo tem muito a ver com a força da teledramaturgia da Globo".


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!