Memórias da Telinha

10 anos sem "Show do Milhão": Quais foram as perguntas que valeram 1 milhão de reais?

Programa fez sucesso no começo do século

10 anos sem
"Show do Milhão" é um dos programas mais memoráveis da TV - Foto: Divulgação/SBT

Publicado em 12/09/2019 às 06:19:00 ,
atualizado em 12/09/2019 às 10:25:46

Por: Naian Lucas

O “Jogo do Milhão”, que depois se tornou “Show do Milhão”, estreou cercado de mistério em novembro de 1999 e saiu do ar no início de 2004. Cinco anos depois, ganhou nova temporada, mas ficou poucos meses, saindo da grade do SBT em 9 de setembro de 2009. 10 depois, o programa apresentado por Silvio Santos continua na memória dos telespectadores e lembrado como um dos maiores sucessos do canal.

Para se ter uma noção do fenômeno da atração, a Nestlé patrocinou o game e recebeu mais de 75 milhões de cartas, segundo dados do Almanaque do SBT. Se tornou a maior promoção da história da televisão brasileira. 

Em termos de audiência, conseguiu bater a casa dos 35 pontos e ainda gerou jogos de tabuleiro e computadores para os fãs se sentirem um pouco dentro do programa.

Para chegar a pergunta final, valendo um milhão de reais, os participantes precisavam responder a 15 questionamentos. Talvez poucos se lembrem, mas apenas dois competidores decidiram arriscar tudo e buscar o prêmio máximo do game-show: Jair Hermínio da Silva e Sidiney Moraes. Uma terceira, Ana Lúcia Serbeto de Freitas Matos, não entendeu a pergunta e acabou entrando na Justiça, vencendo ação pela pergunta ter sido mal formulada.

O derrotado

Silvio Santos questionou Jair em 2002, sobre quantas letras tinham na frase que fica no centro da bandeira do Brasil. O professor estava confiante e havia respondido as outras perguntas sem qualquer tipo de nervosismo. Ele recebeu as alternativas 13, 14, 15 e 16, escolhendo o número 16. Porém, a resposta certa era 15.

Silva imaginou que a frase fosse “Ordem ou Progresso”, enquanto o certo é “Ordem e Progresso”. Jair voltou para casa sem ganhar nada e é lembrado até hoje pelos fãs do programa.

O vencedor

Já Sidiney entrou para história da televisão brasileira. Foi o primeiro e único capaz de chegar ao prêmio de R$ 1 milhão respondendo a todas as perguntas. Em 2003, ele comprou centenas de cupons da “Revista do SBT”, gastando em torno de R$ 200 por mês. Nunca conseguiu ser sorteado.

Sua vida mudou quando uma operadora de telefonia começou a patrocinar a atração e fez uma promoção. O homem comprou o celular e foi chamado para participar do “Show do Milhão”.

Ele respondeu às 15 perguntas e escutou de Silvio Santos o último questionamento: “Em que dia nasceu e em que dia foi registrado o presidente Lula?”. O apresentador quis saber se o participante iria responder e ele afirmou que sabia.

“Acertei porque, nas quatro opções, só havia uma com o dia 6. Do contrário, eu teria desistido”, confessou o vencedor em entrevistas. O ex-presidente Lula nasceu no dia 06 de outubro e foi registrado dia 27 no mesmo mês.

Processo

Ana Lúcia Serbeto de Freitas Matos, em 2000, processou o SBT e levou R$ 650 mil. Quando chegou na pergunta do milhão, ela preferiu desistir, porque não havia entendido a pergunta. Entretanto, levou o caso para Justiça ao perceber que a questão estava mal formulada.

“A Constituição reconhece direitos aos índios de quanto do território brasileiro?”, perguntou Silvio Santos. O apresentador respondeu que a resposta era 10%, entretanto, a Constituição não atribui um valor fixo do tipo para os indígenas, apesar de falar de demarcação de territórios.

Como na época preferiu não responder a pergunta, Ana Lúcia foi embora para casa com R$ 500 mil. Mais tarde, venceu ação contra o SBT e embolsou mais R$ 150 mil de indenização.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!