Promete

Caso Neymar: Entrevista completa de Cabrini com modelo irá ao ar no "Fofocalizando"

Najila conversou com Roberto Cabrini

Caso Neymar: Entrevista completa de Cabrini com modelo irá ao ar no
Najila conversou com Roberto Cabrini e entrevista vai ao ar na íntegra no "Fofocalizando" - Foto: Reprodução/SBT

Naian Lucas
i

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 06/06/2019 às 13:42:14 Atualizado em 06/06/2019 às 14:45:09

A entrevista feita pelo jornalista Roberto Cabrini com a modelo Najila Trindade, que acusa o jogador Neymar de estupro, vai ao ar completa nesta quinta-feira (06) dentro do “Fofocalizando”. Uma parte da conversa foi exibida na noite de quarta (05) no “SBT Brasil” e repercutiu em toda a imprensa.

A assessoria de imprensa do SBT confirmou a informação ao NaTelinha. A quebra de silêncio da mulher que acusa o craque do PSG pegou muitas pessoas de surpresa e milhares de internautas acompanharam o principal telejornal do canal, comentando o fato nas redes sociais.

Apesar de exibir 10 minutos da conversa, boa parte do público não gostou da decisão da direção do SBT em transmitir a entrevista completa apenas na próxima segunda-feira (10) no “Conexão Repórter”.

A emissora voltou atrás e resolveu levar a entrevista completa na data de hoje. Porém, mesmo assim, o jornalístico de Roberto Cabrini seguirá no Caso Neymar, com uma reportagem mais longa sobre todo o assunto.

No material transmitido no “SBT Brasil”, Najila contou a Cabrini que conheceu o jogador no Instagram e, após troca de mensagens, passaram a conversar pelo WhatsApp.

"Era um intuito sexual. Um desejo meu. Ficou até claro para ele isso", disse. Sobre a ida a Paris, ela explicou que encontrou um Neymar diferente do que tinha conhecido nos aplicativos. "Quando cheguei lá (no hotel), ele estava agressivo, totalmente diferente do cara que eu conheci nas mensagens", acrescentou.

Najila diz que ele ficou em silêncio antes do ocorrido: "Para mim, ele tinha entendido que não podíamos ir além daquilo que já estávamos tendo". "Foi uma decepção, fiquei estarrecida. Não consegui falar nada para ele. E depois ele levantou, foi para o banheiro, entrou por uma porta e saiu por outra".

Cabrini questionou o porquê dela ter continuado a trocar mensagens com o jogador: "Eu sabia que se eu não falasse com ele normalmente, ele não iria mais falar comigo. Não teria como provar o que ele fez comigo (...) não acho que só por que eu tava afim de ficar com ele, ele tinha o direito de fazer aquilo comigo".

Advogado e extorsão

O primeiro advogado que representava Najila abandonou o caso. A mulher acredita que ele não estava "acreditando totalmente" no que ela dizia. "Senti um preconceito da parte dele (...) E acho que ele só acreditou em mim porque viu a foto que o próprio Neymar mandou (das nádegas agredidas)".

Roberto Cabrini falou que o pai de Neymar alegou que houve uma tentativa de extorsão. A modelo acredita que foi coisa do antigo advogado. "Comecei a desconfiar disso no momento em que ele (o primeiro advogado) não deixava dar queixa (...) fui à polícia contra a vontade do advogado. Por isso que ele decidiu abandonar o caso", pontuou.

Por fim, ela alegou que espera justiça: "Ele não precisava ter feito aquilo comigo. Era um desejo meu, nós iríamos ficar, (eu) ia voltar para casa e estava tudo certo". Sobre acusações de interesse financeiro, Najila pontuou: "Eu acho que teria uma forma mais fácil e rápida do que todo esse auê, todo esse escândalo (....) Ir até o Neymar para poder conseguir dinheiro, não tem lógica, não tem sentido", concluiu.

Vídeo da briga

Logo após um trecho da entrevista ir ao ar, vazou nas redes sociais o vídeo da briga entre a modelo e o Neymar. As imagens são referentes à segunda noite, já que a moça alega que o primeiro encontro ocorreu o suposto estupro.

A cena dura cerca de um minuto e mostra o jogador chegando, deitando na cama, conversando com a modelo e percebendo que estava sendo filmado. Ao pegar o celular, a mulher acerta um tapa nele e começa a confusão.

O vídeo é cortado e não apresenta o desfecho.

Caso Neymar

Neymar foi acusado de ter estuprado Najila há algumas semanas. Embora o caso tenha acontecido em Paris, a mulher registrou um boletim de ocorrência em São Paulo e aí as investigações começaram. O B.O. foi registrado dia 31, mas o assunto ganhou repercussão no dia seguinte.

Além de o pai de Neymar ter concedido entrevista ao "Brasil Urgente" falando da situação e acusando a denunciante, o próprio jogador divulgou em suas redes sociais, no dia 1º, um vídeo em que se dizia inocente e uma série de prints de conversas, além de vazar fotos íntimas da mulher.

O caso segue sendo investigado e, no dia 2, a polícia afirmou que além de convocado a depor, Neymar deverá ser processado por divulgar fotos íntimas da mulher.

Em visita ao "Aqui na Band", o pai de Neymar foi questionado se não houve exagero por parte do jogador em exibir imagens da jovem nua, para se defender da acusação. “Eu prefiro um crime de internet que um crime de estupro”, disparou. O advogado convidado pela produção relatou que a ação do atleta não configura crime.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!