Encontro

Palmirinha visita Ana Maria no “Mais Você”, chora e defende feminismo: “Tem que trabalhar”

Colegas de décadas se emocionaram com o encontro

Palmirinha visita Ana Maria no “Mais Você”, chora e defende feminismo: “Tem que trabalhar”
Ana Maria Braga e Palmirinha se encontraram no "Mais Você". Foto: Divulgação/TV Globo

Naian Lucas
i

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 19/04/2019 às 13:30:37

A apresentadora e chef de cozinha Palmirinha Onofre participou do “Mais Você” neste feriado de sexta-feira santa (19) e, juntamente com Ana Maria Braga se emocionou ao relembrar sua história de vida. Ela aproveitou para defender a liberdade financeira de mulheres.

Palmirinha que trabalha cozinhando desde a infância e ganhou fama na TV graças a Ana Maria chegou ao palco do “Mais Você” já chorando: “agora posso morrer”.

O reencontro foi muito esperado pelo público e também pela dupla que fez muito sucesso nos Anos 90. É que toda semana Palmirinha cozinhava no extinto “Note e Anote”, programa da Record que era apresentado por Ana Maria.

A apresentadora relembrou, inclusive, como partiu o convite. “A Palmirinha participou de um programa da Silvia Popovic sobre mulheres que criavam filhos sozinhas e trabalhavam para se sustentar. Me encantei com a história dela que vendia comida na rua”.

Num dos momentos da conversa, Palmirinha relembrando o passado afirmou que é fundamental que a mulher trabalhe. “A mulher não pode deixar o marido trabalhar sozinho. Ela tem que fazer algo que gosta e mostrar pras pessoas. Vender”, comentou a chef.

Ana Maria concordou e garantiu que a dupla foi responsável por fazer muitas mulheres ganharem dinheiro cozinhando. “Tinha muita mulher que não tinha como ganhar seu dinheiro e dependia do marido pra tudo. Elas começaram a cozinhar assistindo a gente e hoje se sustenta”, comentou afirmando que considera isso feminismo. “Empodeiramento é isso. A mulher não depender do dinheiro do marido para viver.”, sentenciou.

Palmirinha caiu no choro ao assistir vídeos preparados pela produção do programa em que suas filhas e netos prestaram homenagens a ela. Aos prantos, a chef foi abraçada por Ana Maria.

O programa que foi gravado fez sucesso nas redes sociais e levou parte da audiência à loucura na internet. Ao final, Ana prometeu convidar a colega par cozinhar numa próxima oportunidade.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!