Festival

GNT recebe prêmios no Estados Unidos por documentários

GNT foi premiado nesta última semana por documentários

GNT recebe prêmios no Estados Unidos por documentários
"Quebrando o Tabu" foi produzido em 2018 - Divulgação

Thiago Forato
i

Thiago Forato

Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há 14 anos e assina a coluna Enfoque NT há oito, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele:

thiagoforato@natelinha.com.br

Twitter: @tforatto

Publicado em 13/04/2019 às 12:01:38

Nesta semana, aconteceu em Las Vegas a cerimônia de premiação do Festival de Filmes e Televisão de Nova Iorque, que destaca as melhores criações feiras para a TV mundial.

O GNT, canal da Globosat, abocanhou duas medalhas. Uma com "Quebrando o Tabu" e outra com "Primavera das Mulheres". Ambas na categoria documentário.

A primeira foi exibida em 2018 e ampliou o debate da página Quebrando o Tabu no Facebook sobre direitos humanos, discutindo temas espinhosos da atualidade, de maneira descontraída, mas sem perder a profundidade.

A equipe viajou pelo país e até o mundo conversando com pessoas de origens e opiniões diferentes sobre assuntos como privacidade, prostituição, desigualdade racial, aborto, LGBTfobia, controle de armas, polícia, democracia, mudanças climáticas e privatização.

Já o "Primavera das Mulheres" foi exibido em 2018, mostrando o crescimento do feminismo em 2016, ano em que mulheres voltaram às ruas contra a cultura do estupro e os supostos retrocessos em direitos conquistados.

As duas produções estão disponíveis no GNT Play.


publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!