Brinquedinhos

SBT investe pesado em novas câmeras, terá novelas em 4K e jornalismo com "HD real"

Diretores posaram com novo "brinquedinho" nas redes sociais


Fernando Pelégio com câmera
Diretor de planejamento artístico do SBT, Fernando Pelégio posou com uma das novas câmeras

Nesta sexta-feira (29), diretores do SBT comemoraram a chegada de "novos brinquedos" à emissora, que serão usados na produção das próximas novelas da casa.

Tais "brinquedos" - bem entre aspas mesmos - são as novas câmeras adquiridas, que captam movimentos em 4K e são adaptadas para o padrão full HD da televisão brasileira. A previsão é que os equipamentos sejam utilizados na próxima novela infantil do SBT.

O modelo comprado pelo SBT é uma Sony PMW F-55, que já é usada faz algum tempo pela Globo e pela Record em suas novelas. A F-55 dá ao produto uma linguagem visual mais próxima ao cinema.

O investimento não é nada barato. Cada câmera Sony PMW F-55 custa, em média, cerca de R$ 120 mil. Contando toda a montagem do equipamento, como colocação de lente específica e outras adaptações, o valor pode passar de R$ 400 mil por cada câmera adquirida.

O SBT não informou a quantidade adquirida. O que se sabe é que, com a compra para a dramaturgia, o jornalismo em estúdio do SBT também será beneficiado.

O departamento receberá as câmeras que, até então, eram usadas na dramaturgia e terá um jornalismo em "HD real", algo que não acontece atualmente. Jornais como "SBT Brasil" e "Primeiro Impacto" são gerados em SD, mesmo que transmitidos em alta definição.

Ainda não existe previsão exata de quando essa novidade para os noticiários irá chegar, mas a direção do canal de Silvio Santos trabalha para que isso ocorra ainda no primeiro semestre deste ano.

Veja algumas imagens:

TAGS:
Mais Notícias