Só não te dou outra...

Grupo Chespirito reprova esquete de "Chaves" no "Tá no Ar"

Sátira de Chaves no Tá no Ar
Reprodução

Publicado em 23/01/2019 às 15:05:10

Por: Naian Lucas

A vila militar do “Chaves” fez muito sucesso nas redes sociais ao satirizar as frases feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), durante sua campanha eleitoral no ano passado. Contudo, o Grupo Chespirito, responsável pelos direitos internacionais da série, não aprovou a recriação feita por Marcelo Adnet, Marcius Melhem e a equipe do "Tá no Ar", exibida na estreia da sexta e última temporada no último dia 15, na Globo.

O grupo demonstrou seu descontentamento pela sua conta oficial do Instagram. Em comunicado aberto aos seguidores, afirmou que não concorda com a ideologia política levantada pelo humorístico.

"O Grupo Chespirito não aprova, nem compartilha das opiniões ou pensamentos apresentados no esquete do 'Chaves' exibido no programa 'Tá no Ar'", iniciou o comunicado.

Contudo, o grupo fez questão de deixar claro que respeita as opiniões divergentes e é favorável a liberdade de expressão. "Respeitamos as correntes de pensamento e a liberdade de expressão, no entanto, não nos associamos a qualquer opinião e conceito geral e político expressado pelos atores caracterizados como os personagens do ‘Chaves’", ressaltou.

Ao final do texto escrito aos fãs da série, o Grupo Chespirito agradeceu o carinho do público brasileiro e relembrou que os personagens criados por Roberto Bolaños continuam movendo paixões no país. "Por fim, queremos agradecer o carinho compartilhado pelo público brasileiro, sempre tão apaixonado pelos personagens de Roberto Gómes Bolaños", encerrou.

O esquete criado pelo “Tá no Ar” teve grande repercussão e foi elogiado nas redes sociais. Nele, Marcelo Adnet se vestiu como militar, fazendo uma paródia do presidente Jair Bolsonaro, falando sobre ideologia de gênero, kit gay e ditadura gayzista. Marcius Melhem interpretou o Seu Madruga, sendo chamado de vagabundo pela autoridade.

Última temporada do “Tá no Ar”

No ano passado, ao fim da quinta temporada, Marcius Melhem e Adnet informaram à imprensa que a sexta temporada do humorístico seria a última. Os líderes da atração explicaram que há um desejo da equipe em seguir um novo caminho e terminar o programa no seu auge.

O "Tá no Ar" vai ao ar até abril.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!