Reportar erro
Começa domingo

Globo confirma "rede fuso" e Norte/Nordeste terá grade com delay durante horário de verão

Logo da Globo
Divulgação
Gabriel Vaquer

Publicado em 01/11/2018 às 06:15:45

A Globo confirmou ao NaTelinha que suas emissoras do Norte e Nordeste irão manter o expediente da chamada "rede fuso" no horário de verão, que começa no próximo domingo (4) e vai até fevereiro de 2019. 

No total, 16 estados vão adotar a programação gravada, com programas exibidos nos horários locais e com delay em relação ao que eles vão ao ar nas principais metrópoles do Brasil. 

Serão três divisões da chamada "rede fuso". Em Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins, estados com uma hora a menos em relação ao horário de Brasília, a novela "O Tempo Não Para" passará a ir ao ar depois do "Jornal Nacional", que segue ao vivo para essas regiões, se iniciando às 19h30. Aos domingos, a grade nestes estados será adiantada em uma hora. 

A segunda rede fuso são para estados com duas horas a menos em relação a Brasília. Em Rondônia, Amazonas e Roraima, a grade sofrerá outras mudanças. A mais significativa delas será nas quartas. 

Neste dia, o futebol será exibido após o "Jornal Nacional". Na sequência, vai ao ar a novela "Segundo Sol". Já "O Tempo Não Para" será depois do jornal local, por volta das 18h30. Aos domingos, a sessão de filmes "Temperatura Máxima" vai ao ar após o futebol.

Por fim, no Acre, está a terceira rede fuso, com três horas a menos em relação ao horário de Brasília. Por lá, a exibição do futebol às quartas-feiras será após o "Jornal Nacional", que será mostrado ao vivo no fim da tarde, às 17h30. 

A rede fuso foi criada em 8 de abril de 2008, com o objetivo de adequar a programação às regras de classificação indicativa do Ministério da Justiça nos estados com fuso diferente de Brasília. Mesmo com o fim da vinculação horária à Classificação Indicativa, em 2016, a Globo optou por mantê-la.

Com isso, a última semana de "Segundo Sol", que termina no dia 9 de novembro, será mostrada com delay no Norte/Nordeste, incluindo em Salvador, onde a trama de João Emanuel Carneiro se passa. 

Mais Notícias