Reportar erro
SBT

Gilmar Mendes fala sobre o ex-presidente Lula e corrupção no "Poder em Foco"

Ministro é sabatinado por jornalistas

gilmarmendes-poderemfoco_b252c3d8a0a94897f8fc9151d8cf3fe51fea568a.jpeg
Foto: Lourival Ribeiro/SBT
Redação NT

Publicado em 05/08/2018 às 16:12:00

O programa "Poder em Foco", do SBT, recebe neste domingo (5) o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes. A apresentadora Débora Bergamasco comanda uma sabatina ao lado dos jornalistas Leandro Colon, da Folha de S. Paulo; Pedro Canário, do ConJur; e Sérgio Pardellas, da Istoé.

O ministro fala sobre questões como a análise do STF sobre deixar o ex-presidente Lula preso ou solto: "Não estou a esperar que o tribunal venha a decidir a temática neste momento".

Sobre a possível candidatura de Lula à presidência, Gilmar diz: "A inelegibilidade é aritmética porque ele tem uma condenação em segundo grau".

Gilmar Mendes também fala sobre antecipação da pena: "É possível, sim, a prisão em segundo grau, mas ela precisa ser avaliada. Eu não mudei de posição, o que eu queria e continuo querendo é que de fato haja a possibilidade de recurso".

O ministro comenta sobre uma "pré-compreensão" da imprensa a respeito dos fatos: "Não pode haver sessões da Polícia Federal onde, unilateralmente, se diz que fulano fez isto ou aquilo. Isto cria dificuldade de controle, porque vocês acreditam nisso. A imprensa é um pouco cúmplice disso (...) A imprensa veicula como verdade esses fatos. Há uma pré-compreensão da imprensa, em geral, de que esses fatos são verdadeiros. Prefiro uma imprensa má do que a não existência da imprensa. Quero uma imprensa livre. É mais culpa de agentes públicos que tentam manipular a imprensa".

Gilmar ainda fala sobre outros crimes no Brasil e questiona: "Fico com a impressão de que, no Brasil, o único crime que se comete é corrupção. Ningém fala de PCC, de delação premiada. Só existe criminoso no segmento político?".

O "Poder em Foco" vai ao ar logo após o "Programa Silvio Santos", no SBT.

TAGS:
Mais Notícias