Reportar erro
TV paga

Fox Sports destaca sua cobertura da Copa do Mundo, com 700 horas de transmissão

debatefinal-russia_08118b16cd21e8b36dbaa930ef2338ecbe708214.jpeg
Reprodução
Fabrício Falcheti

Publicado em 16/07/2018 às 11:31:59

Com o fim da Copa da Mundo neste domingo (15), o Fox Sports comemora a sua cobertura, com 700 horas de transmissão e todos os 64 jogos exibidos envolvendo 500 profissionais.

“O pontapé inicial da cobertura Fox Sports foi com a convocação da seleção brasileira, ainda em maio, quando Tite revelou os 23 selecionados. A partir daí nossas equipes de reportagem seguiram o Brasil ombro a ombro, cobrindo desde o período de treinos, até os amistosos contra Croácia e Áustria, na Inglaterra” descreve Eduardo Zebini, SVP de Produção e Programação de Fox Sports Brasil.

“No dia 11 de junho, quando a seleção desembarcou em Sochi, nossos repórteres já estavam preparados para cobrir seus passos. A cada avanço do Brasil na competição, a Fox Sports seguiu in loco e esteve presente nas cidades, que foram palcos das partidas do grupo nacional oferecendo uma cobertura de altíssima qualidade com mais de 700 horas”, completa.

Para analisar o desempenho das seleções na Copa, o Fox Sports reuniu um time de ex-jogadores para participarem e darem suas opiniões, antes, durante e depois dos jogos. Ao lado de Zinho e Edmundo, as transmissões contaram com Juninho Paulista, Emerson, Ricardo Rocha, Renê Simões, Gilberto, Careca, Paulo Nunes, Elano e Mauro Galvão. Já no “Central Fox”, Edu Elias e Marina Ferrari ganharam o reforço de Paulo Roberto Falcão.

Fox Sports destaca sua cobertura da Copa do Mundo, com 700 horas de transmissão

A emissora também destaca uma inovação chamada de "teletransporte", onde os profissionais situados no Brasil e na Rússia interagiam como se estivessem no mesmo estúdio, dando a impressão de que estavam lado a lado.

Entre as novidades, houve a estreia do "Debate Final Especialistas", com apresentação de Téo José e a presença de técnicos de futebol como Vanderlei Luxemburgo, Carlos Alberto Parreira, Abel Braga, Roger Machado, Diego Aguirre, entre outros, analisando e debatendo taticamente o que rolou no evento. O programa ainda promoveu a volta de Jô Soares à TV, o que movimentou as redes sociais, indo parar nos Trending Topics do Twitter todos os dias.

O Fox Sports também fez história, com a primeira narração feminina em Copas do Mundo para uma emissora brasileira. Ao todo, 21 partidas do torneio foram narradas por elas. Desde a abertura da Copa, no dia 14 de junho, as mulheres também marcaram presença na mesa redonda ”Comenta Quem Sabe”. Liderado pela jornalista Vanessa Riche, o programa recebeu durante 32 dias seguidos mulheres para falar sobre os desempenhos das equipes e dos destaques da competição.

Fox Sports destaca sua cobertura da Copa do Mundo, com 700 horas de transmissão

Desde o dia 2 de junho, data em que partiram os primeiros profissionais do Fox Sports para o país da Copa, o canal produziu mais de 700 horas de transmissão, enviando para a Rússia 100 pessoas, construindo uma estrutura de 300m² no IBC, de Moscou, e montando um estúdio na Praça Vermelha. De lá, ofereceu aproximadamente 300 horas de programação ao vivo. No Rio, 400 funcionários produziram pauta e deram cobertura.

Já em termos de audiência, desde o início da Copa do Mundo, no dia 14 de junho, o Fox Sports se consolidou em segundo lugar na PayTV, entre homens de 18 a 49 anos, o principal público dos canais esportivos. Transmitindo os 64 jogos, a emissora acumulou mais de 40% do seu resultado mensal durante o período.

A França foi bicampeã do Mundial, ao vencer a Croácia por 4 a 2 na decisão.

Mais Notícias