Ator

Acusado de assédio, José Mayer pode deixar a Globo em 2019

 Acusado de assédio, José Mayer pode deixar a Globo em 2019
Divulgação/TV Globo

Sandro Nascimento

Publicado em 22/06/2018 às 06:00:53

Um ano e três meses após ser acusado de assediar sexualmente uma figurinista da Globo, José Mayer continua sem ser escalado para as próximas produções de dramaturgia da emissora.
 
Porém, segundo fontes do NaTelinha, a vigência do atual contrato do veterano galã se encerra no início de 2019 e tudo se caminha para não ocorrer a renovação.

continua depois da publicidade

Dentro do canal carioca, acredita-se que fingir que nada aconteceu e colocar Mayer em um novo folhetim poderia transparecer ao público que a Globo estaria sendo conivente com casos de assédio em seus bastidores. A decisão seria uma forma de blindar e, consequentemente, evitar qualquer prejuízo à imagem da casa.
 
Ainda de acordo com pessoas ouvidas pela reportagem, José Mayer já teria consciência que seu compromisso com a Globo não seria renovado e que, por conta disso, ele estaria abatido.

continua depois da publicidade

Procurada, a Comunicação da Globo disse que "não divulgamos detalhes de negociações de contrato, mas podemos afirmar que o ator segue contratado".

No início do ano, o autor Aguinaldo Silva tentou levar o ator para o elenco da novela "O Sétimo Guardião", mas a alta cúpula da emissora vetou seu retorno à substituta de "Segundo Sol" em novembro.
 
Aguinaldo foi responsável pelo primeiro grande papel na carreira de Mayer na TV. Em 1982, o escritor convidou o galã para ser o bandido Jorge Fernando na minissérie “Bandidos da Falange".
 
José Mayer está na Globo há quase 40 anos. Sua primeira novela foi em 1983, em “Guerra dos Sexos", escrita por Silvio de Abreu na faixa das 19h.

continua depois da publicidade