Fábrica de Sueños

"A Usurpadora": Paola manda matar Paulina em primeiro trailer da série

Sandra Echeverría fará as gêmeas interpretadas por Gabi Spanic em 1998

Primeiro encontro de Paulina e Paola na nova versão de "A Usurpadora" - Foto: Reprodução/Televisa

Naian Lucas
i

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 07/06/2019 às 11:37:26

A Televisa, através do seu novo projeto, “Fábrica de Sueños”, lançou nesta semana o trailer oficial da nova versão de “A Usurpadora”. A novela foi transformada em série e contará com 25 episódios. Sandra Echeverría terá a responsabilidade de dar vida às gêmeas, eternizadas por Gabriela Spanic em 1998.

As primeiras cenas mostram que os roteiristas optaram por manter as características de personalidades e sociais de Paola e Paulina. A vilã vive uma vida luxuosa e cercada de glamour, enquanto a mocinha luta por um mundo mais justo, defendendo os mais pobres.

O vídeo exibe ambas com visões extremas em termos políticos. A gêmea má é a primeira dama do México e tem total antipatia dos eleitores, enquanto a irmã boa, que mora na Colômbia com a mãe, é ativista e responsável por uma instituição que cuida de crianças carentes.

As duas não se conhecem e o trailer as colocam frente a frente pela primeira vez. Paulina é sequestrada e obrigada por Paola a usurpar sua posição na família e de primeira-dama, tendo que viver ao lado de Carlos Bernal (Andrés Palacios), marido da vilã e presidente do México.

A vilã planeja seu próprio assassinato, mas colocando a irmã no seu lugar. O atirador dispara contra a mocinha e a gêmea má foge com seu amante, tendo total certeza que seu plano deu certo. Só que o destino resolve pregar uma peça em todos os envolvidos nessa história.

Paulina sobrevive e o assassino de aluguel avisa a patroa que o tiro não funcionou. Revoltada, Paola decreta: “Eu não quero ela em estado grave. Eu a quero morta”. A partir daí, a megera fará de tudo para excluir a irmã definitivamente da sua vida.

“A Usurpadora” deve retornar entre o final de 2019 e início de 2020.

“A Usurpadora” e a “Fábrica de Sueños”

Em 1998, "A Usurpadora" foi estrelada por Gabriela Spanic e Fernando Colunga. No Brasil, foi exibida em sete ocasiões, pelo SBT. A novela também viajou para 125 países e traduzida em 28 idiomas.

O folhetim não será o único a virar série. Na lista estão outras 12 telenovelas que serão adaptadas como séries para o streaming. Entre elas estão "Rubi" (2004), "A Madrasta" (2005), "Os Ricos Também Choram" (1980), “Maria do Bairro” (1995) e "Rosa Selvagem" (1987).

Confira o trailer da nova versão de "A Usurpadora"


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!