Bombou

Cinco recordes que Avenida Brasil bateu no Vale a Pena Ver de Novo

A reprise da novela teve alto desempenho e pulverizou recordes

Cinco recordes que Avenida Brasil bateu no Vale a Pena Ver de Novo
Avenida Brasil pulverizou recordes no Vale a Pena Ver de Novo - Foto: Divulgação

Publicado em 01/05/2020 às 07:40:00

Por: Daniel César

Nesta sexta-feira (1º), Avenida Brasil sai de cena no Vale a Pena Ver de Novo ostentando uma série de recordes batidos em termos de audiência na faixa. A novela de João Emanuel Carneiro fez grande elevação no horário vespertino da Globo e entregava em números raramente vistos para o início da programação noturna da emissora carioca.

Ao longo de quase oito meses, o embate entre Nina (Débora Falabella) e Carminha (Adriana Esteves) tomou conta dos fins de tarde da TV brasileira e colocou a produção de 2012 como uma das grandes recordistas da década.

Confira cinco recordes que Avenida Brasil bateu

Maior audiência da década

A faixa do Vale a Pena Ver de Novo parecia resolvida quando o assunto era ranking de audiência. Senhora do Destino, em 2017, alcançou expressivos 18 pontos num período que parecia impossível ser superada. E bem que Por Amor tentou no ano passado, mas muito mais curta, encerrou com 17,8, suficiente para ficar no segundo lugar, ao menos até então.

Aos quarenta e cinco do segundo tempo, no entanto, Avenida Brasil foi a escolhida para o lugar da novela de Manoel Carlos e, no último ano da década, superou toda a concorrência e abriu vantagem. Restando ainda um capítulo para terminar, a trama já tem 18,8 pontos de média geral, melhor desempenho desde 2010, quando Alma Gêmea havia alcançado 19,8.

Maior estreia do século

Desde o primeiro capítulo, exibido em 07 de outubro do ano passado, Avenida Brasil já deu indícios de que pulverizaria todos os recordes na faixa do Vale a Pena Ver de Novo. Dividindo o horário com a reta final de Por Amor, a trama de João Emanuel Carneiro estreou com incríveis 23 pontos de média.

O resultado foi o melhor desempenho das reprises vespertinas da Globo do século e superou 43 novelas que foram exibidas nesse meio tempo. O folhetim alcançou o melhor resultado do horário desde março de 1999, quando O Rei do Gado havia estreado com 25 pontos.

Maior Ibope de um capítulo em 10 anos

O capítulo em que Carminha é desmascarada pela família de Tufão (Murilo Benício), exibido em 16 de abril, em plena quarentena imposta pela pandemia do novo coronavírus, alcançou a média de 28 pontos, melhor desempenho em 10 anos.

A última vez que o Vale a Pena Ver de Novo tinha alcançado um resultado neste patamar foi em 2010, no último capítulo de Alma Gêmea, que havia saído de cena com média de 30 pontos em sua despedida.

Melhor média semanal da década

E na semana em que Carminha foi desmascarada também houve a tentativa de assassinato de Max (Marcelo Novaes) praticado pela própria vilã e que fez com que ele revelasse para todos que os dois sempre foram amantes. Com isso, a novela teve uma média semanal de 26,2 pontos.

Este foi o melhor resultado para uma semana da faixa vespertina de reprises da Globo desde a última semana de julho de 2009, quando Senhora do Destino havia alcançado 26,4 pontos, entrando em sua reta final.

Reprise a superar várias novelas das 18h

Se a exibição de Senhora do Destino no Vale a Pena Ver de Novo superou três novelas das 18h nesta década, Avenida Brasil foi além e superou 25% das tramas exibidas nos últimos dez anos no horário das seis da Globo.

A média da trama de João Emanuel Carneiro deixou para trás Espelho da Vida, Boogie Oogie, Meu Pedacinho de Chão, Joia Rara e Lado a Lado, feito inédito ao se pensar em reprises da emissora carioca.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!