É golpe

Éramos Seis: Neves seduz Zeca com negócio e caipira se enrola em dívidas

Olga tenta impedir o marido de ficar nas mãos da Emília


Eduardo Sterblitch
Zeca pode ficar sem nada em Éramos Seis - Reprodução/TV Globo

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, Zeca (Eduardo Sterblitch) será seduzido por Neves (Breno Nina) para se tornar seu sócio em um negócio. O caipira acredita que o amigo de infância enriqueceu com uma rede de padaria, mas tudo não passa de um golpe.

Inicialmente, o pilantra o convence a investir suas economias. Mais tarde, ele irá dizer que precisa de mais dinheiro. Então, o marido da Olga (Maria Eduarda de Carvalho) vai pedir um adiantamento para Emília (Susana Vieira).

A verdade é que o falso homem de negócios está na pior e se aproveita da inocência do cunhado da Lola (Gloria Pires) para sair da pindaíba e o caipira é quem ficará na pior. Confira!

Neves convence Zeca a lhe dar mais dinheiro para negócio

Éramos Seis: Neves seduz Zeca com negócio e caipira se enrola em dívidas

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, Zeca vai estar recuperado da caxumba e pode retomar as negociações com Neves para a abertura do seu próprio negócio. Quando caiu doente, o marido da Olga estava indo ao cartório para assinar o contrato com seu novo sócio.

O caipira acreditou na história de que o amigo de infância enriqueceu com uma rede de padarias e acabou seduzido a se tornar parceiro em uma das novas lojas do pilantra.

A verdade é que o safado está prestes a lhe aplicar um golpe. Neves é mais duro do que o cunhado da Lola e viu na ingenuidade do rapaz a possibilidade de tirar o pé da lama.

Durante o encontro dos dois, o safado vai alegar que precisa de mais dinheiro para dar continuidade ao negócio. “Nesse tempo que esteve de resguardo surgiram uns pormenores, Zeca. Precisamos conversar”, avisa Neves.

“Não é fácil montar um comércio. E enquanto você convalescia, o aluguel galopou! Vai precisar de mais capital que antes, compadre”, alega o pilantra. A notícia deixa Zeca desesperado.

Afinal, o caipira pegou todas as suas economias para abrir seu próprio negócio. Agora, ele já não sabe de onde irá tirar mais dinheiro para realizar o sonho da independência financeira.

“Mas será possível? A gente pisca, a carestia consome. E agora lascou-se. Não tenho esse a mais no banco. Mas vou arranjar, se precisa, eu arranjo. Deixa só falar com a Olga e a gente sacramenta isso aí”, garante o rapaz.

Na sequência, Neves vai embora com sua esposa e Leontina (Beatriz Campos), mulher do pilantra, começa a reclamar da Olga que não parava de falar dos filhos, deixando-a tensa.

“Não damos conta nem das nossas dívidas, mulher, que dirá de um bebê. Mas não tem nada, não. Zeca vai conseguir mais dinheiro ainda. E aí nossa vida vai ser só banquete!”, prevê o safado.

A cena vai ao ar no capítulo do dia 25 de dezembro.

Olga é contra marido pedir adiantamento para Emília

Éramos Seis: Neves seduz Zeca com negócio e caipira se enrola em dívidas

Zeca está seduzido pela ideia de ter seu próprio negócio em Éramos Seis. Nos próximos capítulos da trama, ele descobre seu dinheiro ainda é pouco para concluir a transação e decide pedir ajuda à Emília.

Tudo não passa de uma armação de Neves que fez o amigo de infância acreditar ter enriquecido com uma rede de padarias e, agora, quer ajudar o marido da Olga a ter uma vida mais confortável.

O caipira garante ao estelionatário que irá conseguir o resto do capital. Já Olga desconfia de que o marido está sendo enganado e tenta alertá-lo, mas o caipira está cego pela ambição. “Essa é a dinâmica dos negócios. A engrenagem não para de girar”, justifica.

“Gira tanto que já está me deixando tonta. Confia mesmo no Neves para apostar alto assim?”, questiona a irmã da Clotilde (Simone Spoladore) para seu ingênuo marido que retruca.

“Mas Olga! Está parecendo sua mãe, que isso? Neves é meu amigo da vida toda. Aprenda uma coisa: quem quer crescer precisa arriscar. É a nossa chance!”, alega o prestador de serviço da Emília.

Preocupada, Olga ressalta que o casal não tem mais dinheiro para investir. Já Zeca indaga se Dona Maria (Denise Weinberg) não teria umas economias para lhe emprestar e leva uma fora da esposa que o proíbe de tocar neste assunto com a sua mãe.

“Então vamos apelar para quem tem, oras! Tia Emília. Vou pedir um adiantamento do meu salário… (corrige) salários, ‘no coletivo’. Ela vai precisar ser um cadinho generosa. Mas pode deixar Olguinha, eu resolvo tudo, deixa comigo…”, diz o sonhador.

Percebendo o desastre que possa causar na família, a ruiva tenta convencer o marido a desistir desse negócio. “Estou começando a ter medo dessa sociedade… será que precisamos mesmo disso? Já somos felizes assim…”, afirma Olga.

A sequência vai ao ar no capítulo do dia 31 de dezembro.

Mais Notícias