Exclusivo

"Éramos Seis" terá capítulos antecipados no Globoplay

Novela estreia no próximo dia 30 de setembro

Glória Pires é a protagonista Lola - Foto: Divulgação/Gshow

Publicado em 22/09/2019 às 18:04:16

Por: Naian Lucas

Órfãos da Terra” terá seus últimos capítulos exibidos nesta semana e será sucedida a partir do próximo dia 30 de setembro por “Éramos Seis” na faixa das seis. Assim como a história de Duca Rachid e Thelma Guedes, o remake escrito por Ângela Chaves também vai ter capítulos antecipados no Globoplay.

O NaTelinha apurou que o capítulo estará disponibilizado na plataforma  de streaming do Grupo Globo um dia antes de passar na TV aberta. Procurada, a assessoria de comunicação da emissora confirmou a informação.

Essa ação começou com “Órfãos da Terra” e funcionou. O sucesso foi tão grande que o canal resolveu ampliar para “Malhação – Toda Forma de Amar”, produção escrita por Emanuel Jacobina.

Muitos assinantes da plataforma digital estavam em dúvida se a emissora continuaria usando o método de antecipação de capítulos no Globoplay. Isto porque a direção da Globo afirmou na inauguração do MG4 (Módulo de Gravação 4) que cada produção seguiria uma estratégia, tanto que tramas das sete e das nove não irão passar primeiro no streaming neste momento.

Com a confirmação de “Éramos Seis” passando primeiro na internet, essa será a terceira novela seguindo o mesmo recurso. A tendência é que o Grupo Globo adote essa estratégia na faixa das seis e também nas próximas temporadas de “Malhação”.

“Éramos Seis”

A obra é uma adaptação da novela escrita por Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho em 1977, na TV Tupi, que depois ganhou uma nova versão no SBT, em 1994. A história é inspirada no livro homônimo de Maria José Dupré, lançado em 1943, fazendo parte da série “Vaga-lume”.

O enredo relata a trajetória de Dona Lola, que é uma mulher batalhadora e bondosa, que faz de tudo para que sua família viva em harmonia. Ela é esposa de Júlio, um vendedor, com quem tem quatro filhos: Carlos, Alfredo, Julinho e Isabel. O enredo é narrado em primeira pessoa e gira no período de 1921 e se encerra na década de 1940.

O tempo vai passando e familiares vão deixando Dona Lola sozinha. O marido morre, assim como seu filho Carlos, vítima da Revolução de 1932. Os outros filhos fazem suas vidas, decidindo viver em outros lugares.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!