Reportar erro
Ibope

"Jezabel" sofre e tem menos audiência que reprise vespertina na Record

Dados consolidados do Kantar Ibope são referentes ao PNT

Lidi Lisboa em "Jezabel" e Giselle Itié em "Bela, a Feia"
"Jezabel" tem audiência menor que "Bela, a Feia" - Foto: Montagem
Naian Lucas

Publicado em 22/05/2019 às 18:14:25

Nesta última terça-feira (21), a Record estreou a novela “Topíssima”, na faixa das 19h. Escrita por Cristianne Fridman, a trama registrou uma média de 9,3 pontos, garantindo a segunda colocação na Grande São Paulo. Contudo, a roteirista não tem muito que comemorar quando o assunto é “Jezabel”, também de sua autoria. Isto porque o enredo bíblico teve menos audiência que a reprise de “Bela, A Feia” (2009) no PNT.

De acordo com informações oficiais da Kantar Ibope, através do Painel Nacional de Televisão na semana entre os dias 13 e 19 de maio, a história protagonizada por Lidi Lisboa fechou com média de 7,6 pontos. A praça com o melhor resultado foi Salvador (12,7) e o pior índice ocorreu em Porto Alegre (4,8).

Já a reprise do remake de “Yo soy Betty, la fea”, escrita por Gisele Joras na Record, apresentou na mesma semana 7,8 pontos à tarde.

A adaptação tem menos público em Florianópolis, com um índice de 4,1, enquanto Salvador é o oposto da capital de Santa Catarina. na capital baiana, a novela protagonizada por Giselle Itié se fixou com um resultado de 14.6.

Veja os números de "Bela, A Feia" pelo Brasil

\"Jezabel\" sofre e tem menos audiência que reprise vespertina na Record

São Paulo: 7,3

Rio de Janeiro: 8,6

Belém: 11,4

Belo Horizonte: 10,4

Campinas: 5,7

Curitiba: 4,8

Distrito Federal: 6,6

Florianópolis: 4,1

Fortaleza: 7,0

Goiânia: 7,3

Manaus: 10,1

Porto Alegre: 4,8

Recife: 4,7

Salvador: 14,6

Vitória: 7,1

Confira os números de "Jezabel" pelo Brasil

\"Jezabel\" sofre e tem menos audiência que reprise vespertina na Record

São Paulo: 6,8

Rio de Janeiro: 8,6

Belém: 8,9

Belo Horizonte: 8,6

Campinas: 5,9

Curitiba: 5,3

Distrito Federal: 6,1

Florianópolis: 5,2

Fortaleza: 7,0

Goiânia: 9,1

Manaus: 9,8

Porto Alegre: 4,8

Recife: 6,9

Salvador: 12,7

Vitória: 8,1

Mais Notícias