Último capítulo

Que fim levou? Confira oito personagens sem história em “O Sétimo Guardião”

Novela chega ao fim nesta sexta-feira (17) na Globo

Que fim levou? Confira oito personagens sem história em “O Sétimo Guardião”
Vários personagens ficaram pelo caminho na novela - Foto/montagem

Taty Bruzzi
i

Taty Bruzzi

Jornalista com especialização em Jornalismo Cultural, Tatiana Bruzzi atua na área há 19 anos, com ampla experiência na produção, criação, edição e revisão de texto. Nos últimos anos tem focado nas editorias de Mulher, Famosos e Cinema.

Publicado em 17/05/2019 às 10:45:29

Nesta sexta-feira (17), vai ao ar o último capítulo de “O Sétimo Guardião”. Ao contrário do que prometia, a novela escrita por Aguinaldo Silva e exibida na faixa das 21h da Globo não teve a repercussão esperada.

Com a pouca aceitação de sua história mediante o telespectador, personagens foram perdendo o sentido, atores sendo mal aproveitados e informações sobre descontentamento ganharam os bastidores.

A decisão do autor de inserir um serial-killer na trama, que mataria todos os guardiães, acabou matando também outras histórias.

Confira oito personagens que não tiveram seus destinos concluídos:

Rita de Cássia (Flávia Alessandra)

A personagem tinha tudo para crescer na trama. Além de ser uma das mulheres que mais chamava a atenção em Serro Azul, como esposa do delegado que curtia usar calcinha, a dona de casa aceitou o fetiche do marido, apimentando ainda mais a relação dos dois. Além disso, se tornou musa inspiradora do jovem Leonardo (Jaffar Bambirra) para seu documentário sobre a população da cidade. Quando parecia que dali sairia um romance proibido ou um triângulo amoroso, as cenas da dupla se resumiram à personagem de Flávia Alessandra tomando banho de cachoeira usando apenas uma lingerie, até a morte do delegado Machado e sua saída da cidade, desolada.

Leonardo (Jaffar Bambirra)

Com a morte do delegado Machado e o sumiço da Rita de Cássia, o futuro cineasta não tinha mais nenhum fundamento na história. No tempo em que esteve na trama, o rapaz filmou o documentário que, provavelmente, nunca ficará pronto. A menos que o autor nos prepare esta surpresa no último capítulo da novela.

Clotilde (Adriana Lessa)

Começa a história como uma mulher bem-sucedida, dona de um brechó e de um salão de beleza, Clotilde (Adriana Lessa) ainda consegue inaugurar seu tão sonhado restaurante que por alguns capítulos se tornou o point de Serro Azul, até ela sumir do mapa. A personagem retorna no último capítulo na cena do casamento da jovem Elisa (Giullia Buscacio) com Maltoni (Matheus Abreu), confraternizando com o restante do elenco.

Tobias (Roberto Birindeli)

Dono de um armazém-bar, começou a trama como um dos moradores mais solícitos de Serro Azul. Quando Valentina (Lilia Cabral) anunciou sua volta à cidade, ajudou na fiscalização da obra da mansão e até a levar Louise Marie (Fernanda de Freitas) até a casa da patroa, deixando sua mulher, Clotilde, enciumada. Com a inauguração do restaurante da esposa, andou trabalhando por lá. Assim como sua mulher e o filho, Leonardo, Tobias (Roberto Birindeli) só podia ter o mesmo desfecho que o restante da família: sumir.

Robério (Heitor Martinez)

Casado com Judith (Isabela Garcia), o jardineiro do casarão sempre foi um homem bronco. Interesseiro, assim que Egídio (Antonio Calloni) morreu e Gabriel (Bruno Gagliasso) assumiu o casarão, aceitou trabalhar para o filho enquanto vendia informações para a mãe do rapaz, Valentina. Um dos momentos mais interessantes de Robério foi seu possível envolvimento com Marcos Paulo (Nanny People), que acabou não indo para frente. Depois disso, o personagem desapareceu.

Neide (Viviane Araujo)

A manicure começou a trama carregando um segredo que lhe fechava para o amor e a impedia de ser feliz: o abandono da filha ainda bebê que teve com um homem misterioso. No decorrer da história, descobriu-se que o pai era o gato Léon, ou melhor, Murilo (Du Moscovis), e tudo levava a crer que a filha seria Luz (Marina Ruy Barbosa). Até que sua mãe, Firmina (Guida Vianna), surgiu de repente e jogou um balde de água fria quando confessou que esteve ao lado da neta por anos, que a menina foi adotada pelos seus patrões e morreu em um acidente. Depois disso, Neide simplesmente foi apagada do folhetim, retornando no último capítulo na sequência do casamento da Elisa com Maltoni.

Firmina (Guida Vianna)

A Mary Poppins de Serro Azul surgiu para acabar com a alegria da Neide em encontrar a filha abandonada e, de repente, encontrar um novo amor ou reatar com sua paixão do passado, Murilo, e pronto.

Fabim (Marcelo Mello Jr)

Tudo bem que o pedreiro interpretado por Marcelo Mello Jr surgiu por causa da obra na casa da Valentina, mas o autor podia ter arrumado novas construções para o personagem. Estava interessante o envolvimento extraconjugal entre Fabim e Marilda (Letícia Spiller).

Bônus

Dos cinco guardiães assassinados, somente o Dr. Aranha (Paulo Rocha) teve o corpo sepultado. O delegado Machado, o mendigo Feliciano (Leopoldo Pacheco), a esotérica Dona Milu (Zezé Polessa) e a cafetina Ondina (Ana Beatriz Nogueira) estão lá no necrotério aguardando o final da novela. Torcemos para se rebelarem e começarem a vagar pela cidade exigindo o enterro, assim como na minissérie “Incidente em Antares” (1994).


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!