Não cresceu

Em março, “O Sétimo Guardião” fica estagnada e perde feio para “O Outro Lado do Paraíso”

Novela de Aguinaldo Silva não obteve crescimento nos números em março


Bruno Gagliasso
Bruno Gagliasso é o protagonista de "O Sétimo Guardião" - Foto: Reprodução/Globo

O mês de março não foi dos mais felizes para “O Sétimo Guardião”. A novela de Aguinaldo Silva com direção artística de Rogério Gomes não atingiu patamares  aceitáveis de audiência e ficou estagnada.

É que, após ter crescido consideravelmente em fevereiro, a novela não apresentou nenhum crescimento em março. Ao contrário, na comparação com o segundo mês do ano, ela teve ligeira queda.

Ao se considerar todos os capítulos de março, a trama atingiu média de 29,42 pontos. Já em fevereiro, foram 29,54. O recuo foi pequeno, sendo assim, considerado como estagnação.

Os números do último mês fizeram com que a novela tivesse desempenho ainda pior ao se comparado março do ano passado. Exibindo “O Outro Lado do Paraíso” à época, a Globo havia conquistado média de 40,33 pontos no horário. A diferença é de 11,09 pontos entre as tramas.

Em índices percentuais, “O Sétimo Guardião” derrubou 37% a audiência conquistada pela obra de Walcyr Carrasco no mês de março. Os números são da Kantar Ibope na Grande São Paulo.

Com os resultados deste terceiro mês do ano e do antepenúltimo da novela, a produção teve crescimento discreto na média acumulada. Em fevereiro, acumulava média geral de 28,09 pontos. Agora, 26 capítulos depois, “O Sétimo Guardião” está com 28,38.

Restando pouco menos de dois meses para o término, a novela de Aguinaldo Silva apresenta o terceiro pior resultado acumulado da história do horário. Ela somente vence “A Lei do Amor” (2017), que teve 27,22 de média geral, e “Babilônia” (2015), que contou com 25,45 pontos.

"O Sétimo Guardião" tenta ainda ultrapassar “A Regra do Jogo” (2016), que fechou com 28,54 pontos.

Mais Notícias