Reportar erro
Em 2020

De contrato renovado, Cauã Reymond deve protagonizar novela com Marjorie Estiano

Cauã Reymond e Marjorie Estiano
Cauã Reymond e Marjorie Estiano farão par em 2020 - Fotos: Divulgação
Naian Lucas

Publicado em 21/03/2019 às 16:11:28

A volta de Cauã Reymond para o horário das nove ficou para 2020. De contrato renovado com a Globo, ele deve protagonizar “Em Seu Lugar”, de autoria de Lícia Manzo que estreia no primeiro semestre do ano que vem, ao lado de Marjorie Estiano.

A informação foi dada inicialmente pela Jovem Pan e também apurada pelo NaTelinha.

Até então, o ator faria "Amor de Mãe", história de Manuela Dias que tem estreia prevista para novembro, substituindo "A Dona do Pedaço", que por sua vez estreia em maio no lugar de "O Sétimo Guardião".

Tal novela contará com Ísis Valverde, e esse teria sido um dos motivos que fizeram Cauã Reymond deixar o elenco. Os dois atuaram juntos em "Amores Roubados" (2014), com muitas cenas quentes, e na época vários rumores surgiram de um suposto caso, o que acabou gerando a separação do ator de Grazi Massafera.

Por outro lado, Cauã Reymond está com a agenda cheia. Ele é a estrela da série do Globoplay “Ilha de Ferro”. A produção que teve apenas uma temporada exibida, já conta com a segunda temporada gravada e a terceira será produzida em 2019. Além disso, também prepara um filme sobre Dom Pedro.

Ficando para 2020, Cauã Reymond deve repetir a parceria que teve com Marjorie Estiano em “Justiça” (2016). Os dois fizeram par romântico na minissérie de Manuela Dias. Ele não atua no horário das 21h desde 2015, quando esteve em “A Regra do Jogo” (2015).

Marjorie Estiano, protagonista de “Sob Pressão”, já estava reservada para o folhetim que marcará a estreia de Lícia Manzo na faixa. As duas já trabalharam juntas em “A Vida da Gente” (2011). A atriz está fora das telenovelas desde 2014, quando interpretou a vilã Cora em "Império".

“Em Seu Lugar” é o nome provisório da novela de Lícia Manzo, que conta com muito prestígio nos bastidores da Globo e deve estrear no principal horário com apenas dois folhetins no currículo. Além da já citada “A Vida da Gente”, ela escreveu “Sete Vidas” (2015).

Procurada pelo NaTelinha, a Globo não confirma as informações e diz que só irá tratar sobre a trama mais para frente, quando se iniciar a fase de produção.

Mais Notícias