Reportar erro
Perdeu

"O Tempo Não Para": Carmen se nega a tirar a roupa após golpe de Livaldo

carmen-alvo-livaldo_beaf87e87cf7cfebbbd88fc2b44631b572472fb5.jpeg
Divulgação/ TV Globo
Diego Falcão

Publicado em 04/01/2019 às 13:06:08

Em "O Tempo Não Para", Carmen (Christiane Torloni) vai ser vítima de uma armação de Livaldo (Nelson Freitas) durante uma disputa de pôquer. Ela estava indo mal e pediu para ir ao banheiro. Ao retornar, a empresária acabou recebendo uma carta de Aimê. Carmen acredita na mulher e esconde o Ás de copas no vestido. Logo depois ela é desmascarada, vítima de uma armação.

Na cena que vai ao ar nesta sexta-feira (4), Carmen perde a disputa e o ex se anima para passar a noite com ela. A mãe de Samuca (Nicolas Prattes) se nega a cumprir o prometido. Livaldo prometeu retirar o processo contra Samuca, caso ela retomasse o relacionamento. A empresária fez uma contraproposta e eles decidiram tudo no jogo.

Tudo começa quando Carmen vai ao banheiro e é acompanhada pela assistente do cassino, que finge compaixão pela empresária. Aimê convence a mãe de Samuca de guardar uma carta no vestido. Quando está prestes a vencer, Livaldo exige que ela seja revistada. Carmen, assustada, protesta: "Revistada?! Mas eu não fiz nada!". A emprsária fica nervosa e deixa a carta escorregar do seu vestido.

Aimê sorri e Carmen reage nervosa: "Vocês tavam mancomunados! Foi essa moça que me deu a carta lá no banheiro... mas eu não usei nem ia usar". "De jeito nenhum", nega a assistente. O crupiê do cassino avisa que Carmen perdeu a disputa: "Carmencita. C’est fini... Tira logo a roupa e vamos para a nossa noite tão esperada!".

Carmen responde irritada: "Eu não vou tirar roupa nenhuma!".

Ainda no capítulo, Marocas  tenta convencer Samuca a não assumir a culpa pelo roubo da patente. Expulsos da pensão por Coronela, Amadeu, Teófilo, Monalisa e Zelda alugam um quarto no cortiço. Waleska descobre Livaldo e Carmen no cassino clandestino. Samuca ajuda Dom Sabino a entrar no cassino. 

Mais Notícias