Reprise

Record TV anuncia volta de "Essas Mulheres" após 13 anos da exibição inédita

"Essas Mulheres" volta em julho à grade da Record TV - Reprodução

Publicado em 24/06/2018 às 21:47:02

Por: Redação NT

A Record TV começou a anunciar neste domingo (24) a volta de "Essas Mulheres", novela de Marcílio Moraes e Rosane Lima, com colaboração de Bosco Brasil e Cristianne Fridman, à sua programação.

O retorno do folhetim, que foi dirigido por Flávio Colatrello Jr e lançado em 2005, faz parte de um pacote comemorativo dos 65 anos da emissora, que serão comemorados no fim de setembro.

"Essas Mulheres" irá substituir "Bicho do Mato", que está em reta final. Curiosamente, a autoria se repete em partes, pois a trama atual é escrita por Fridman e Bosco. Fridman, inclusive, está presente na faixa desde 2016 de forma ininterrupta: ela escreveu "Chamas da Vida" e "Vidas em Jogo", que antecederam a história ambientada no Pantanal atualmente em cartaz.

Audiência:

Veiculada logo após o grande sucesso de "A Escrava Isaura", "Essas Mulheres" não empolgou. Mesmo repleta de ex-globais recém-contratados, como Miriam Freeland, Gabriel Braga Nunes, Christine Fernandes e Ana Beatriz Nogueira, a trama oscilava entre 8 e 9 pontos - abaixo de "A Escrava Isaura", que performava sempre com dois dígitos.

Reprise:

Assim como "Bicho do Mato", "Essas Mulheres" já teve uma reprise na Record TV. Em 2007, a emissora anunciou o folhetim para a faixa das 17h30. Com o Ibope rondando na casa dos 2 pontos e comprometendo o horário nobre, foi finalizada com menos de 20 capítulos exibidos.

À época, a Record TV enviou um comunicado à imprensa creditando o fim brusco da novela aos baixos índices e sinalizou que tal atitude não era inédita na TV - usando como exemplo as séries "Smith" e "Viva Laughlin", da rede americana CBS, com apenas três e dois episódios exibidos. A emissora encerrou o comunicado pedindo a compreensão dos telespectadores da novela.

 



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!