"O Outro Lado do Paraíso": Julgamendo de Duda é marcado por revelações bombásticas

Divulgação/TV Globo

Publicado em 22/01/2018 às 12:40:34

Por: Diego Falcão

Em "O Outro Lado do Paraíso", o julgamento de Duda (Gloria Pires) vai revelar muito mais do que sua inocência na acusação de assassinato do segurança Laerte (Raphael Vianna). Patrick (Thiago Fragoso) e Adriana (Julia Dalavia) vão defender a ex-dona do bordel.

Patrick diz: "O arrazoado final será feito pela minha colega nesse caso, Adriana Montserrat". Duda fica comovida ao ouvir o sobrenome e tem a certeza de que está diante da filha. “Eu vou dar início ao arrazoado de defesa falando sobre a carga de preconceito que existe nesse caso”, segue a jovem advogada.

Neste momento, chegam ao tribunal Henrique (Emílio de Melo), Jô (Bárbara Paz) e Natanael (Juca de Oliveira) para acompanhar o desempenho de Adriana em seu primeiro grande caso. O clima de desconforto e incredulidade aumentam quando eles ficam cara a cara com Elizabeth/Duda e constatam que ela está viva. Adriana também percebe a situação.

Surpreendendo a todos, Duda, que até então se limitava a dizer em juízo que era inocente, levanta-se e anuncia: “Eu quero falar”. A defensoria ainda tenta, sem sucesso, suspender o depoimento. Mas a acusada recebe a autorização para seguir.

Duda toma coragem e faz um relato emocionante relembrando sua trajetória. Ao recordar a explosão da lancha e outras passagens de sua vida, ela acaba reforçando as coincidências com Elizabeth. Adriana identifica os pontos em comum com sua própria história e afirma para o júri e todos os presentes: “Eu sei o seu nome. Senhor juiz, senhores jurados, senhores... Eu sei o nome dessa mulher. É Maria Elizabeth Montserrat. Minha mãe”, anuncia ela, enquanto a plateia fica extasiada com a revelação.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade