Reportar erro
Adrenalina

Documentário Cigarro do Crime mostra o contrabando no Brasil: "Parece coisa de filme"

História real exibe o planejamento do crime organizado para ganhar dinheiro

Cena do filme Cigarro do Crime
Cena do filme Cigarro do Crime - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 12/05/2020 às 19:30:00

O documentário Cigarro do Crime estreia na próxima quinta-feira (14) gratuitamente na internet. A produção de 45 minutos mostrará todas as etapas do mecanismo do contrabando de cigarros que sai do Paraguai e chega ao Brasil, tendo cenas reais cheias de tensões, com direito a armadilhas para despistar os policiais.

Dirigido por João Wainer, a história exibirá entrevistas com contrabandistas e consumidores do cigarro ilegal. Os criminosos dirigem carros em altas velocidades em estradas perigosas e jogam pregos no asfalto para poder escapar da prisão. “É muito maluco, parece coisa de filme, de desenho animado", confessa Debora Lopes, jornalista que apresenta o documentário.

Um dos pontos altos da história será o momento que o público acompanhar o transporte dos cigarros ocorrendo pelos rios na madrugada e os policiais precisam utilizar óculos com visão noturna para identificar as cargas que viajam entre o Paraguai e o Brasil.

Os responsáveis por esses crimes acreditam que são apenas comerciantes e explicam essa visão. “Cada carro que eu trazia com a carga dava uma grana boa. Tirava dois mil, dois mil reais e meio... Claro que não me sinto criminosa. Eu tô pagando [pela carga], não tô roubando de ninguém”, conta uma das compradoras.

As gravações aconteceram em diversas partes do país, como São Paulo, Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu (PR) e ainda há um trecho internacional, já que a equipe filmou cenas em Assunção e Cidade do Leste, no Paraguai. “A jornalista percorre ainda universos que envolvem violência, prisões, mortes e lavagem de?dinheiro. Tudo para entender cada etapa do contrabando de cigarros”, explica os produtores em comunicado.

Denúncia

O documentário é uma produção da Vice Brasil para o Fórum Nacional Contra a Pirataria e a Ilegalidade (FNCP). Os responsáveis pelo enredo buscaram mostrar a realidade do contrabando de cigarro de maneira didática e como o crime organizado faz para manter seus lucros.

"O objetivo do documentário é, além de impactar?segmentos diversos?com suas abordagens do tema, principalmente transmitir a mensagem de que?o crime organizado no Brasil vem sendo financiado pelo tabaco ilegal.?E, dessa forma, despertar no público a consciência de que,?ao comprar um?cigarro contrabandeado,?ele está sustentando?um poder paralelo sem?leis. Ou seja, é um problema de todos nós", afirma?Edson Luiz?Vismona, presidente do FNCP.

Mais Notícias