Noite de gala

"Bohemian Rhapsody" frustra fãs de Lady Gaga e surpreende no Globo de Ouro

Confira todos os vencedores nas categorias de cinema e televisão

Elenco de Bohemian Rhapsody
Filme sobre Freddie Mercury foi um dos grandes destaques da noite

Publicado em 07/01/2019 às 11:34:13 ,
atualizado em 07/01/2019 às 11:43:25

Por: Taty Bruzzi com Naian Lucas

Na noite deste domingo (06), aconteceu em Los Angeles a 76ª edição do Globo de Ouro. A cerimônia promovida pela Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood presenteia os melhores do cinema e da TV.

Além disso, o resultado costuma servir de prévia para o Oscar, a principal premiação da indústria cinematográfica que acontece em fevereiro também na cidade de Los Angeles.

Dentre as surpresas, destaque para “Bohemian Rhapsody” como Melhor Filme de Drama, desbancando o favoritismo de “Nasce Uma Estrela”, além das produções “Infiltrados na Klan” e “Se a Rua Beale Falasse”.

Rami Malek, que interpretou Freddie Mercury na produção, levou o prêmio de Melhor Ator de Drama, enquanto que a categoria Melhor Atriz de Drama ficou com a veterana Glenn Close por “A Esposa”.

No quesito Musical ou Comédia, “Green Book – O Guia” confirmou seu favoritismo como Melhor Filme. Vencedor de três estatuetas, a produção recebeu ainda os prêmios de Melhor Roteiro e Melhor Ator Coadjuvante para Mahershala Ali. Olivia Colman foi eleita a Melhor Atriz da categoria por seu trabalho em “A Favorita”, enquanto que o prêmio de Melhor Ator foi para Christian Bale por seu papel em “Vice”.

Depois do sucesso de “A Forma da Água” em 2018, quando Guilhermo Del Toro venceu na categoria de Melhor Diretor, o cinema mexicano foi mais uma vez bem representado.

Considerado um dos filmes mais polêmicos da atualidade, “Roma” levou o prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira enquanto que a Melhor Direção ficou para Alfonso Cuarón, cineasta que já havia vencido na categoria por “Gravidade” (2013).

Televisão

O consagrado produtor Ryan Murphy entrou na disputa com “American Crime Story”, na categoria Série Limitada, e "Pose", como Melhor Série Dramática. A história de Giane Versace levou o troféu como Minissérie e Melhor Ator Protagonista, com Darren Criss. A produção obteve o mesmo sucesso no Emmy 2018 e confirmou seu favoritismo.

Patricia Arquette venceu como Melhor Atriz em Série Limitada por sua atuação em “Escape at Dannemor”, que contou com a direção de Ben Stiller. Já Patrícia Clarkson foi eleita a Melhor Atriz Coadjuvante em minissérie por “Sharp Objects”.

Um dos momentos mais emocionantes da noite foi a entrega do prêmio de Melhor Ator em Série Musical ou Comédia para Michael Douglas por “The Kominski Method”. Em seu discurso, o ator agradeceu ao pai, Kirk Douglas, que completou recentemente 102 anos.

Chuck Lorre, produtor queridinho do Globo de Ouro, viu sua série cômica também ser escolhida como a melhor comédia, vencendo a favorita “The Marvelous Mrs. Maisel”. A série de Amy Sherman-Palladino não saiu de mãos abanando. Rachel Brosnahan entrou no Globo de Ouro como principal postulante ao título e saiu como bicampeão da premiação na categoria Melhor Atriz de comédia.

No drama, os prêmios foram bem divididos. A elogiada última temporada de “The Americans” levou o troféu para casa como Melhor Série. Richard Madden, que atuou na produção britânica “The Bodyguard”, foi escolhido como Melhor Ator, desbancando o favorito Matthew Rhys. Sandra Oh, apresentadora do Globo de Ouro, ganhou como Melhor Atriz por sua interpretação em “Killing Eve”.

O Globo de Ouro estreou a premiação Carol Burnett e a própria atriz cômica levou o troféu. Com 85 anos, a artista venceu cinco Globos de Ouro e recebeu, ao todo, dezoito indicações. Ela foi homenageada pelo conjunto da obra na televisão.

Confira todos os vencedores:

Cinema

- Melhor filme – Drama: “Bohemian Rhapsody”
- Melhor Filme – Musical ou Comédia: “Green Book: O Guia”
- Melhor direção: Alfonso Cuaron, “Roma”
- Melhor roteiro: Peter Farrelly, Nick Vallelonga e Brian Currie, por “Green Book: O Guia”
- Melhor atriz em filme – Drama: Glenn Close, “A Esposa”
- Melhor atriz em filme – Musical ou Comédia: Olivia Colman, “A Favorita”
- Melhor ator em filme – Drama: Rami Malek, “Bohemian Rhapsody
- Melhor ator em filme – Musical ou Comédia: Christian Bale, “Vice”
- Melhor atriz coadjuvante em filme: Regina King, “Se a Rua Beale Falasse”
- Melhor ator coadjuvante em filme: Mahershala Ali, “Green Book: O Guia”
- Melhor filme em língua estrangeira: “Roma” (México)
- Melhor trilha musical original: Justin Hurwitz, por “O Primeiro Homem”
- Melhor animação: “Homem-Aranha no Aranhaverso”
- Melhor canção original: “Shallow”, de “Nasce Uma Estrela”

TV

- Melhor minissérie ou filme para TV: “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”
- Melhor série – Musical ou Comédia: “The Kominsky Method”
- Melhor atriz em série – Musical ou Comédia: Rachel Broshnahan, “The Marvelous Mrs. Maisel”
- Melhor ator em minissérie ou filme para TV: Darren Criss, “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”
- Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV: Patricia Clarkson, “Sharp Objects”
- Melhor atriz em série – Drama: Sandra Oh, “Killing Eve”
- Melhor atriz em minissérie ou filme para TV: Patricia Arquette, “Escape at Dannemora”
- Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV: Ben Whishaw, “A Very English Scandal”
- Melhor série – Drama: “The Americans”
- Melhor ator em série – Drama: Richard Madden, “Bodyguard”
- Melhor ator em série – Musical ou Comédia: Michael Douglas, “The Kominsky Method”



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!