Reportar erro
Polêmica

Diretor de "Guardiões da Galáxia" é demitido após comentários pedófilos no Twitter

jamesgunn-guardioesdagalaxia_5b2735eb7c16822642ffb456081e94d5a9842833.jpeg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 20/07/2018 às 18:51:04

Diretor e roteirista de "Guardiões da Galáxia", James Gunn foi demitido da Disney após ter tuítes antigos resgatados sobre temas como pedofilia e estupro.

"As atitudes ofensivas e as declarações descobertas no feed do Twitter de James são indefensáveis e inconsistentes com os valores do nosso estúdio, e cortamos nossa relação de negócios com ele", disse o presidente do Conselho de Administração dos Estúdios Disney, Alan Horn, em comunicado enviado ao site The Hollywood Reporter.

Após a polêmica, James Gunn apagou sua conta no Twitter, mas antes escreveu uma última vez: "Muita gente que acompanha minha carreira sabe que, quando comecei, eu me via como um provocador, fazendo filmes e contando piadas que eram ofensivas e tabu. Como discuti publicamente muitas vezes, assim como eu evoluí como pessoa, o mesmo aconteceu com meu trabalho e meu humor", afirmou ele.

Antes de ser desligado, ele estava trabalhando no roteiro de "Guardiões da Galáxia 3", que inicia suas filmagens a partir de setembro, com previsão de lançamento para 2020.

A franquia da Disney e Marvel é protagonizada por Chris Pratt.

Mais Notícias