Reportar erro
Bizarro

Oprah Winfrey é vítima de fake news e desabafa: "Não fui presa"

Apresentadora foi o tema mais comentados dos EUA na terça-feira (17)

Oprah Winfrey
Oprah desmente fake news - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 18/03/2020 às 11:25:00

Uma das maiores apresentadoras dos Estados Unidos, Oprah Winfrey, de 66 anos, se tornou um dos principais assuntos na noite da última terça-feira (17). Várias manifestações afirmavam que a casa da comunicadora na Flórida tinha sido revistada por policiais e comprovado que ela era responsável por tráfico sexual.

Os relatos diziam que pessoas estavam presas em um porão no subterrâneo da mansão da artista e as autoridades precisaram passar por túneis para encontrar as supostas vítimas do crime.

Ao saber que seu nome era o mais comentado nas redes sociais, Oprah se posicionou e esclareceu que os rumores eram mentirosos. “Acabei de receber uma ligação dizendo que meu nome é popular. E ser trollada por alguma coisa FAKE horrível. NÃO É VERDADE”, disparou.

Ela explicou que os policiais não foram em sua casa e alertou que as pessoas precisam continuar seguindo as medidas de segurança contra a pandemia do novo coronavírus que atingiu todo o planeta.

“Não sofri invasão ou fui presa. Estou apenas mantendo a higiene e a distância com o resto do mundo. Fiquem seguros, pessoal”, finalizou a apresentadora, tranquilizando seus fãs.

A teoria da conspiração contra Oprah

Segundo o Daily Mail, além do tráfico sexual com pessoas presas no porão da casa de Oprah, os falsos relatos indicavam que a comunicadora tinha sido apenas a primeira artista presa pelo crime, já que outros famosos estariam envolvidos no plano, como Tom Hanks – a infecção por coronavírus seria para enganar a polícia.

A história vai ficando mais inusitada quando Harvey Weinstein é citado como o delator para que as autoridades pudessem desbaratinar o ato criminoso, o que daria uma sentença mais leve a ele.

Além de Hanks e Oprah, foram envolvidos na teoria da conspiração nomes como Quentin Tarantino, John Travolta, Steven Spielberg, Charlie Sheen e políticos como Bill Clinton e Joe Biden.

Mais Notícias
Outros Famosos