Reportar erro
Reflexão

Anitta faz reflexão sobre carreira e garante: "Já fiz tudo e estou realizada"

Cantora relembrou parcerias e quais seus desejos para o futuro

Anitta
Anitta foi entrevistada pela revista Rolling Stones - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 31/12/2019 às 11:51:00

Anitta é uma das artistas mais comentadas do país – tanto para o bem, quanto para o mal – e ela garante que aprendeu a não se importar com as opiniões dos outros sobre sua vida. Em entrevista à revista Rolling Stones, a funkeira também afirmou que se sente realizada na carreira.

“Coloquei no papel tudo o que me faria sentir satisfeita. Se não fosse por isso, eu estaria numa busca eterna, isso não me faria feliz. Escrevi o que pensava que só conseguiria realizar aos trinta e poucos anos. Já fiz tudo e agora estou realizada”, declarou.

Questionada sobre um feito que realizou mas pouca gente notou, Anitta explicou que foi um projeto que envolveu samba com Música Popular Brasileira. “Então, eu me apresentei no show Inusitado. É um projeto de música brasileira criado por Andre Midani. Foi muito legal participar - porque misturei samba com MPB, dois dos meus ritmos favoritos do Brasil. Também cantei com Arlindo Cruz e Arnaldo Antunes - dois grandes cantores no meu país”, contou.

Ela ainda fez uma análise sobre o que mudou na música de 2010 pra cá, ressaltando o status que o funk e o reggaeton conquistaram nos últimos anos. “O crescimento e o reconhecimento da música urbana latina como [baile] funk e reggaeton”, falou.

A cantora também quer que a música brasileira conquiste outras partes do planeta a partir de 2020: “Ver a música brasileira se tornar ainda mais reconhecida em todo o mundo”.

Anitta e suas parcerias internacionais

Anitta faz reflexão sobre carreira e garante: \"Já fiz tudo e estou realizada\"

Anitta fez parcerias com Snoop Dogg e Madonna em 2019 e a cantora enxerga que foram os melhores encontros na sua carreira. “Snoop Dogg é um gênio. Ele me ligou porque viu minha série da Netflix. Ele era como 'Uau, eu te amo. Eu sou seu fã. Eu quero cantar com você'. E eu fiquei tipo 'O que é isso? Venha estar no meu álbum'’”, comentou.

A funkeira ainda relembrou quando foi convidada para abrir os Jogos Olímpicos de 2016, no Brasil, ao lado de Caetano Veloso e Gilberto Gil. “Caetano é meu amigo agora. Ele é de uma época antiga no Brasil, mas na época era um cara novo que as pessoas não entendiam. Quando ele vê um novo artista, se não gosta diz 'O que é essa merda urbana?'. Se gosta, 'Uau, tão novo, tão refrescante!'. E, assim como eu, ele acredita que há música boa e ruim em todos os lugares e em todos os ritmos”, completou.

Mais Notícias
Outros Famosos