Agressão

Padre Marcelo manda recado para mulher que o empurrou

"Perdão é fundamental", disse o sacerdote no Altas Horas


Padre Marcelo Rossi
Padre Marcelo foi empurrado de palco durante uma missa, em julho (Foto: Globo/Reprodução)

Em sua participação no Altas Horas desse sábado (14), o Padre Marcelo Rossi relembrou uma agressão que sofreu em julho, na cidade de Cachoeira Paulista, interior de São Paulo. Ele foi empurrado de uma altura de 2 metros enquanto celebrava uma missa.

A agressora é uma mulher que sofre de transtornos psíquicos. No Altas Horas, o Padre Marcelo disse que nasceu de novo após sair do incidente sem nenhum machucado e mandou um recado de perdão à mulher que o empurrou.

"Eles queriam fazer o B.O (Boletim de Ocorrência). O meu B.O. é Bíblia e Oração. O perdão é fundamental", disse o padre-cantor, em entrevista a Serginho Groisman. Ele lembrou que está completando 25 anos de sacerdócio.

"Deus existe e com certeza me segurou, Nossa Senhora passou à frente, e eu estou aqui, sem nenhuma lesão. Não deu cinco meses ainda. Posso dizer que tenho nascimento dia 20 de maio e, a partir de agora, 14 de julho", disse, em referência à data do ocorrido. "Eu nasci de novo, amém", cravou.

Antes de concluir seu depoimento sobre o caso, o Padre Marcelo fez questão de mandar um recado à mulher que o agrediu. "Não a vi mais. Tem o problema de bipolaridade. A melhor resposta que posso dar é a oração. Vamos orar por essas pessoas", disse.

O padre, que logo após o empurrão conseguiu se recompor e terminar de celebrar a missa, conseguiu finalizar o assunto com bom humor. "Agora, por favor, não vai me empurrar, tá?", brincou.

Mais Notícias
Outros Famosos