Retomada

Kelly Key diz que as pessoas deturpavam suas músicas por ser mulher

De volta aos palcos, Kelly Key declara que tem noção das expectativas das pessoas

Kelly Key diz que as pessoas deturpavam suas músicas por ser mulher
Kelly Key está de volta aos palcos - Reprodução/Instagram

Publicado em 22/11/2019 às 09:48:10

Por: Redação NT

De volta aos palcos após 10 anos, Kelly Key prepara uma nova turnê reunindo todos os hits que fizeram parte da sua carreira. Ela promete ainda, nos seus shows, passar por todos os álbuns.

Ao contrário do início de sua carreira, Kelly conta que hoje é tudo muito imediato por conta do streaming. "É uma responsabilidade muito grande. As pessoas fazem comparações pesadas e eu sei das expectativas que ela têm", assegura ao canal do jornalista Felipe Gonçalves no YouTube.

Apesar do peso da volta, ela diz encarar isso de uma maneira mais light. "Eu encarei este retorno, este recomeço, de uma forma muito leve. Me faria muito mal se colocasse um peso. Foi uma reflexão que eu tive. Quero brindar este novo momento que o pop está vivendo", explica ela que acabou de lançar seu novo clipe, Aumenta o Som, que ultrapassou 1 milhão de acessos.

Seus hits como Baba, Cachorrinho e Adoleta que eram tidas como músicas de duplo sentido, a incomodava. Mas, hoje a coisa mudou de panorama: "É muito digno ouvir hoje em dia que minhas músicas falam sobre o empoderamento feminino. Eu sempre achei isso, mas as pessoas não me viam dessa maneira. Elas deturpavam esse tipo de imagem. Era sempre pejorativa e negativa. Mulher, né?".

"Se tem uma coisa que o tempo de carreira me mostrou, é que não importa quantos discos você vendeu. Você entregou bem feito? É uma construção. Tenho certeza que me cerquei dos melhores e tudo está sendo feito da melhor maneira possível", pontua.

Kelly Key: A turnê

Nessa retomada de carreira, Kelly Key garante: "Trago tudo mesmo. Vou passar por todos os álbuns, sem exceção. Tem tudo que eu sempre fiz. Músicas do primeiro álbum que trago pra esse show também".

A cantora ainda aproveitou para anunciar que em 2020 lançará outras parcerias, além das que gravou recentemente com Pocah, Preta Gil e Cynthia Luz: "Este é só o primeiro EP, nós ainda temos dois por vir. Eu não gravei só com elas, tem outras".

Para Kelly Key, as coisas mudaram muito de 2001 pra cá: "Acho que cada um luta da sua maneira. Cada um tem sua forma de colocar suas ideias. Temos que respeitar isso. Mas tem que tomar um pouquinho de cuidado pra não pesar a mão".

Confira a entrevista na íntegra:


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!