Desabafou

Geisy Arruda desabafa ao relembrar hostilização em universidade: "Nunca ninguém se arrependeu"

A famosa ainda afirma que não se sente bem ao relembrar o ocorrido

Geisy Arruda desabafa ao relembrar hostilização em universidade:
Geisy Arruda - Foto: Reprodução/Instagram

Publicado em 28/10/2019 às 15:20:30

Por: Leandro Mendonça com Redação NT

Geisy Arruda relembrou recentemente o episódio que a fez ficar conhecida por todo o país, que já completou 10 anos. Na época, ela foi humilhada ao chegar com um vestido rosa em universidade.

Em entrevista ao Pânico na Jovem Pan desta segunda-feira (28), a famosa fez um desabafo sobre o assunto e confessou que não perdoou nenhum dos envolvidos.

“Eu não perdoei porque não me pediram perdão. Não vou perdoar quem não quer ser perdoado. Não quero perdoar ninguém, não, quero que se lasquem. Nunca ninguém se arrependeu do que fez, então não vou perdoar”, afirmou, acrescentando ainda que não gostaria de encontrar seus antigos colegas. “Eu processei a universidade e ganhei por danos morais, me deram 40 mil".

Geisy Arruda ainda não superou humilhação em univerdade

Hoje famosa, com milhares de seguidores nas redes sociais, e um canal no Youtube que está crescendo bastante, a famosa garante que recordar o que aconteceu com ela faz com que ela ainda fique abatida, as vezes até caindo no choro. “Eu evito falar, evito ver as imagens, mas esse mês, quando completou dez anos, eu fui obrigada a rever muitas coisas, fotografei com o vestido. Eu guardo o vestido, mas não uso. Ele me remete a um dia muito triste, é simbólico", comentou.

Geisy também garantiu que não tem a intenção de se desfazer da peça de roupa que usou no dia que tudo aconteceu. “Não porque o vestido não quer dizer nada. Ele é só simbólico, eu poderia estar usando uma calça jeans naquele dia, a situação seria a mesma”, afirmou.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!