Defesa

Felipe Neto se posiciona sobre héteros que paqueram trans: "Não é legal zoar"

Pedro Scooby e Carlos Bolsonaro tiveram supostas conversas vazadas

Felipe Neto se posiciona sobre héteros que paqueram trans:
Felipe Neto tem militado em favor das minorias - Foto: Reprodução/Internet

Publicado em 20/09/2019 às 13:28:00

Por: Redação NT

Após as recentes polêmicas envolvendo Pedro Scooby e Carlos Bolsonaro, com vazamentos de supostas conversas indicando que eles teriam relações homoafetivas, Felipe Neto se posicionou sobre quem “tira do armário” outras pessoas. Na visão do youtuber, é um equívoco esse tipo de atitude.

“Gente, desculpa, mas... Não é legal tirar gente do armário à força. Não é legal zoar publicamente o hétero top por ter paquerado mulher trans. Não é legal divulgar foto de criança pra atacar o pai. Não caiamos ao mesmo nível daquilo que precisa ser desconstruído”, opinou.

O texto de Felipe foi publicado no mesmo dia em que vazou uma suposta conversa privada entre o vereador do Rio de Janeiro, filho do presidente Jair Bolsonaro, com a transexual Mariah Fernandes. O bate-papo, que não há confirmação se é verdadeiro, mostra Carlos perguntando onde ela morava.

Vale ressaltar que Bolsonaro segue a mesma linha do pai e mantém uma postura conservadora nos costumes. Ele já demonstrou posicionamentos que incomodaram líderes da comunidade LGBTQ, inclusive tendo discussões acaloradas com o ex-deputado federal Jean Wyllys.

Outro que também teve supostas conversas vazadas na internet foi o surfista Pedro Scooby. O boato é que o ex-marido de Luana Piovani teria tido um relacionamento com um jornalista, que publicou o suposto bate-papo na sua conta particular do Instagram. Segundo o rapaz, o primeiro encontro teria acontecido em Búzios, Rio de Janeiro, no ano de 2017. 

O atleta desmentiu a informação, alegando que não esteve em Búzios naquele ano e não estava preocupado com a repercussão. Ele ainda ironizou a aparência do jornalista. “Tenho os amigos gays mais lindos do Brasil”, disparou.

Pouco tempo depois, uma suposta foto de Pedro praticando sexo oral em outro homem viralizou nas redes sociais. Claro que a discussão girou em torno se era de fato o surfista ou outra pessoa.

"Não quero ensinar ninguém a militar não. Cada um sabe da sua luta, da sua dor e da sua forma de reagir. Só sugiro um tiquinho de reflexão sobre esse ponto, quem sabe pode gerar um debate bacana? Beijo de luz a todos”, finalizou Felipe. É bom destacar que o youtuber não citou o nome nem de Carlos Bolsonaro, muito menos de Pedro Scooby.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!