Reportar erro
Polêmica

Após vetar beijo gay em filme, Paulo Gustavo se defende: "Mirando no alvo errado"

O ator se manifestou à respeito do assunto

Paulo Gustavo
Paulo Gustavo - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 13/09/2019 às 16:28:06

Paulo Gustavo foi envolvido em polêmica após ser revelado que o mesmo teria vetado uma cena de beijo gay no filme "Minha Mãe é Uma Peça 3", que estreia em dezembro. Em vista a grande repercussão negativa, ele decidiu se pronunciar por meio do seu perfil do Instagram.

Para começar, ele fez questão de destacar a ideia do filme: "Minha mãe é uma peça 3 é sobre como ‘Dona Hermínia’ vai lidar com seus filhos formando novas famílias! O Juliano é um dos filhos e o seu casamento é uma parte do filme! Muito importante, mas que está junto de outras questões que também acontecem na trama. Não é que exista a cena de um casamento, troca de alianças, ‘até que a morte os separe’ e só não há o beijo. Não existe essa cena dentro do filme. Existe um discurso emocionado dos noivos que é interrompido por Dona Hermínia — daquele jeito dela que vocês bem conhecem — para que ela se declare não só para Juliano, mas para toda a família. Após esse momento, já estão todos dançando e brindando e celebrando o amor não só dos recém-casados, mas da família toda”.

Ele prosseguiu na explicação explicando que o principal motivo da cena é o orgulho da mãe vendo o filme constituindo uma família. "Esse momento do casamento trata de uma coisa maior: o orgulho que essa mãe sente ao ver o filho seguir o caminho do amor e casando com quem ele ama! Eu quis botar esse trecho do casamento deles dois pra relembrar o que eu vivi e para, com isso, tentar inspirar e transformar outras famílias! Coisa que eu tenho feito todos esses anos em vários trabalhos!”, defendeu.

Paulo Gustavo defende importância de se lutar contra preconceito

Em outro momento, o humorista faz questão de destacar a importância de que se tenha uma luta contra o preconceito, e alfineta os seus críticos dizendo que estão com o alvo errado. “Precisamos sim enfrentar e combater essa era raivosa e preconceituosa! Eu entendo esses questionamentos, acho legítimo e importante! Mas eu acho que estão mirando no alvo errado! Não sou ativista, militante, mas sou um ser político! Minha bandeira é minha vida! Sou gay, casado há 6 anos com Thales, meu marido, e somos muito felizes! Agora temos 2 lindos filhos e sou rodeado de amor! E é esse amor que eu quero espalhar pelo mundo!”.

Mais Notícias
Outros Famosos