Amizade

Anitta passa senhas das suas redes sociais para Luísa Mell: "Pode falar o que quiser"

Funkeira e ativista defendem a aprovação da PL "Animal não é coisa"

Anitta passa senhas das suas redes sociais para Luísa Mell:
Anitta e Luísa Mell defendem PL em favor dos animais - Foto: Montagem

Publicado em 07/08/2019 às 17:10:08

Por: Redação NT

Anitta demonstrou mais uma vez que sua amizade com Luísa Mell é muito forte. Na manhã desta quarta-feira (07), a defensora dos animais pediu para que a funkeira divulgasse uma PL (Projeto de Lei) que diz que animal não é coisa, tornando-se seres sencientes. Como a cantora estava sem dormir após um show em Londres, ela passou a senha das suas redes sociais para a ativista alertar seus seguidores sobre a importância do documento que está em pauta no Senado Nacional.

“Gente, hoje mais cedo a Luísa Mell me mandou uma mensagem, só que eu estava completamente virada. Eu estava no aeroporto e ela pediu pra eu fazer um vídeo, mas não consegui porque estava no meio do aeroporto e havia muito barulho”, iniciou a cantora.

“Hoje, não sei se já perdi o horário, porque tive duas horinhas pra dormir. Mas está tendo uma PL muito importante: animal não é coisa. Até passei as senhas das minhas redes sociais para ela divulgar, só que ela não fez isso. Não sei por que, acho que está com vergonha. Fala [seguidores] pra ela postar sobre os animais aqui, sobre o meio ambiente. Ela está com as minhas senhas, ela pode falar sobre o que ela quiser”, contou a funkeira.

Anitta tem se tornado mais consciente em relação ao meio ambiente e defesa aos animais. Ela se tornou vegana e deu entrevistas aos veículos internacionais dizendo que se preocupa com o trabalho do Governo do presidente Jair Bolsonaro em relação à natureza.

Ela também se posicionou nas suas redes sociais, pedindo para que seus seguidores tenham consciência em não jogar lixo na rua e que não aceite possíveis ataques a Amazônia.

O projeto “Animal não é coisa”, proposto pelo deputado Federal Ricardo Izar (PSD-SP), estará no Senado. Caso seja aprovado, os animais deixarão de ser coisas, como diz o Artigo 82 do Código Civil, e passarão a ser seres sencientes, ou seja, capazes de ter sentimentos.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!