Polêmica

MC Hariel aparece em vídeo no Instagram fazendo sexo e esclarece: "Me hackearam"

Funkeiro afirmou que sua conta foi hackeada

MC Hariel aparece em vídeo no Instagram fazendo sexo e esclarece:
MC Hariel é um dos principais temas da internet - Foto: Reprodução/Youtube

Publicado em 06/08/2019 às 13:19:00 ,
atualizado em 06/08/2019 às 14:30:29

Por: Redação NT

O mundo do funk acordou com uma nova polêmica nesta terça-feira (06). Isto porque MC Hariel, que tem milhões de fãs e é uma das principais revelações do estilo musical, apareceu em um vídeo publicado em seu perfil no Instagram fazendo sexo com uma mulher dentro de um carro. Após a repercussão, ele explicou que teve sua conta hackeada.

As imagens foram postadas nos Stories e rapidamente se popularizaram nas redes sociais, tornando-se o assunto mais comentado do Twitter. Um grupo acusou o MC de machista e de ter vazado o momento íntimo, enquanto outra ala criou memes e brincou com a expressão de “desânimo” do cantor.

Numa tentativa de diminuir a repercussão e os comentários o atacando de ter postado o vídeo, o funkeiro explicou que seu perfil no Instagram foi invadido por criminosos e sua equipe conseguiu recuperar o acesso rapidamente. Ele ainda disse que não sabia da existência das imagens.

“Me hackearam, galera. Já consegui puxar de volta. Postaram os vídeos que eu nem sabia que existia. Peço a todos que não fiquem propagando mensagens de pessoas que querem destruir a gente. Por favor, tenho minha família, minha mãe, irmãs, existe meu lado pessoal, por favor, não propaguem”, manifestou-se.

Apesar de tentar se livrar da acusação e diminuir a repercussão, não surtiu efeito sua ação. Ele apagou o vídeo e, pouco tempo depois, desativou os comentários da sua conta do Instagram, surpreendendo seus fãs.

MC Hariel faz parte do canal Kondzilla e é conhecido pelas canções “Tempo Perdido”, “Vou Buscar” e “Maresias”.

Confira abaixo a repercussão nas redes sociais:


publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!