Não gostou

Astrid Fontenelle repreende Ministro da Educação após piada sobre PT: "Desprezível"

Abraham Weintraub ironizou a apreensão de drogas feita pelo Governo Espanhol na comitiva de Jair Bolsonaro

Astrid Fontenelle repreende Ministro da Educação após piada sobre PT:
Astrid Fontenelle não gostou da piada feita pelo Ministro da Educação - Foto: Montagem

Publicado em 27/06/2019 às 10:53:44

Por: Naian Lucas

Nesta quinta-feira (27), a apresentadora Astrid Fontenelle resolveu repreender o Ministro da Educação, Abraham Weintraub, através da sua conta pessoal do Twitter. Ela não gostou do comentário do agente político de confiança do presidente Jair Bolsonaro em relação ao caso de prisão de um militar na Espanha por tráfico de drogas.

Abraham escreveu na rede social uma piada sobre o episódio dos entorpecentes encontrados pelo Governo Espanhol no avião da FAB (Força Aérea Brasileira), envolvendo os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, filiados ao Partido dos Trabalhadores (PT).

“No passado o avião presidencial já transportou drogas em maior quantidade. Alguém sabe o peso do Lula ou da Dilma?”, satirizou o Ministro, recebendo milhares de menções, curtidas e compartilhamentos.

A jornalista visualizou o texto e demonstrou indignação com o comportamento do agente político. Por conta disso, não perdeu tempo e resolveu criticá-lo pela própria internet.

“Ministro??!!!! Inadmissível um ministro fazer piada com tráfico de drogas!!!!! Desprezível!! Vergonha, falta de decoro, péssimo exemplo”, disparou.

O episódio movimentou o mundo político durante o dia todo de quarta-feira (26), já que 39 kg de cocaína estavam no avião da comitiva de Bolsonaro na Europa. Além de Astrid, outras celebridades resolveram se manifestar publicamente em torno do assunto.

A jornalista Rachel Sheherazade, âncora do “SBT Brasil”, compartilhou um vídeo do vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro, batendo boca com colegas de bancada. “Decoro e educação a gente aprende em casa...”, escreveu.

Já o apresentador do “Terceiro Tempo”, programa esportivo da Band, Milton Neves, saiu em defesa do presidente Jair Bolsonaro, afirmando que não tem cabimento realizar qualquer ligação entre o militar preso por tráfico de drogas com o político responsável pelo Poder Executivo Federal.

“Só filho da p*** culpa o Bolsonaro pelo crime do picareta-traficante infiltrado no avião reserva da comitiva internacional do presidente!”, detonou.

Veja os Tweets abaixo:


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!