Reportar erro
Protestante

Paola Carosella participa de manifestação pela educação

A jurada do "MasterChef Brasil" defendeu o protesto nas redes sociais

 Paola Carosella participa de manifestação pela educação
Paola Carosella saiu em defesa da Educação - Foto: Reprodução/Band

Naian Lucas

Publicado em 31/05/2019 às 10:45:00

Centenas de cidades brasileiras, em 25 estados do país, registraram manifestações nessa quinta-feira (30). Os protestantes tinham como objetivo levantar a bandeira em defesa da Educação. Uma das pessoas que participou do manifesto foi a jurada do “MasterChef Brasil”, Paola Carosella.

“Estou nas ruas. Segurando as mãos de todos os que exigem educação gratuita, de qualidade, e para todos”, escreveu em sua conta pessoal do Twitter. Alguns seguidores, que são admiradores do presidente Jair Bolsonaro, criticaram a ação. Contudo, a chef de cozinha não se calou e rebateu.

“Aprendi agora que um verdadeiro patriota é contra educação gratuita de qualidade, sempre achei que patriotismo era outra coisa”, ironizou. A postagem recebeu milhares de curtidas, compartilhamentos e menções.

Nascida na Argentina, Carosella tem sido firme nos posicionamentos contra ações da gestão Bolsonaro no Governo Federal. Antes mesmo dele se tornar presidente, ela chegou a criticar de forma sutil os comportamentos do então Deputado Federal pelo Rio de Janeiro pelas suas frases.

Após seguir o político nas redes sociais, muitos seguidores a criticaram. Ela resolveu se manifestar e rebateu os internautas. “Calma, mulher — seguir não quer dizer ‘seguir’”, falou. O texto deu a entender que a chef apenas gostaria de acompanhar as manifestações do atual presidente, mesmo que isso fosse contra seus ideais.

Na presidência, Bolsonaro teve comportamentos repudiados pela jurada do “Masterchef Brasil”. Em abril, ele disse que o Brasil não pode ser um paraíso gay, pois há muitas famílias no país.

“Eu tenho família e, na minha família, tem gays. Todos produzindo, ralando pacas e gastando grana no Brasil”, disparou a cozinheira.

Ao ser criticada por admiradores e eleitores do presidente, ela não se calou e voltou a rebater. “Se acham os reis do capitalismo e do livre mercado e defendem ações indefensáveis cegamente. Fanáticos babacas e radicais”.

Além de Paola, outras celebridades também saíram em defesa da Educação no país. Patrícia Pillar faz parte do grupo, postando fotos das manifestações e escrevendo textos nas redes sociais.

Mais Notícias