Merchan

Governo Bolsonaro pagará R$ 500 mil para Milton Neves defender Reforma da Previdência

Apresentador, no entanto, doará o valor

Governo Bolsonaro pagará R$ 500 mil para Milton Neves defender Reforma da Previdência
Milton Neves fará propaganda da Reforma da Previdência. Foto: Reprodução/Esporte Interativo

Daniel César
i

Daniel César

Daniel César é jornalista formado, pós-graduado em linguística e em roteiro de televisão, com mestrado em Literatura. Trabalha com o universo da televisão desde 2010 e já fez cursos de dramaturgia com nomes como Carlos Lombardi e Thelma Guedes.

Publicado em 11/05/2019 às 15:51:26

O apresentador Milton Neves receberá meio milhão de reais para defender a Reforma da Previdência proposta pelo governo de Jair Bolsonaro. Os números foram divulgados por reportagem da Folha de São Paulo e confirmados pelo apresentador em seu perfil nas redes sociais. Milton, no entanto, não ficará com o dinheiro e doará para instituições.

A notícia de que o apresentador do "Terceiro Tempo" da Band seria uma das figuras a divulgar a Reforma da Previdência em seu programa de TV vazou na última semana quando foram confirmados que o Governo investiria em Merchan da Reforma em programas popularescos de praticamente todas as emissoras de TV aberta, exceto a Globo.

Muita gente repercutiu na manhã deste sábado (11) nas redes sociais reportagem da Folha em que revela os valores que serão pagos a Milton Neves. O jornalista que é muito ativo no Twitter compartilhou a reportagem e agradeceu ao apoio de internautas bolsonaristas que o parabenizaram pela atitude.

É que Milton decidiu não ficar com os R$ 500 mil que serão pagos para que ele divulgue a Reforma. O apresentador deverá doar todo o valor a um asilo e a um hospital de sua terra natal, Muzambinho, que fica em Minas Gerais. Ele não confirmou como fará a divisão dos valores.

"Milton Neves é meu vizinho de cidade (cidade Natal dele é vizinha da minha) é meu vizinho de propriedade rural. Milton foi coerente com o que diz, trabalhar gratuitamente nem relógio. Parabéns, Milton", comentou uma internauta e foi retuítada pelo funcionário da Band.

Além de Milton, irão receber para divulgar o texto da Reforma, profissionais como Ratinho, no SBT, Luciana Gimenez na Rede TV!, além de Ana Hickmann pela Record. Apenas a Globo ficou de fora de ação, uma vez que a emissora proíbe que seus apresentadores façam merchan de assuntos governamentais. 

Além do próprio jornalista, a Band foi alvo de polêmica nas últimas horas após ter divulgado, durante o "Jornal da Band", editorial em defesa ao decreto de Bolsonaro pela liberação das armas de fogo.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!