Mansão

Casa onde Demi Lovato teve overdose tem preço reduzido em R$ 2 milhões

Demi Lovato
Divulgação

Publicado em 28/09/2018 às 20:49:05

Por: Diego Falcão

Demi Lovato colocou à venda sua mansão por nove milhões e 495 mil dólares. Mas segundo a revista People, o preço do imóvel sofreu uma queda e agora é vendido por oito milhões e 99 mil dólares. Em reais, equivale a 36 milhões e 200 mil.

Ou seja, a mansão da artista que está em uma clínica de reabilitação teve um prejuízo de quase 2 milhões de reais. A casa possui quatro quartos, seis banheiros, piscina de borda infinita, churrasqueira, sala de cinema, boate.

Ela segue fazendo seu tratamento em uma clínica de reabilitação, após sofrer uma overdose em julho.

De acordo com a revista Life&Style, Demi Lovato tem consciência de que a overdose que sofreu foi muito grave. Por esse motivo, a cantora esta levando muito a sério essa segunda chance de vida que teve.

"Ela definitivamente não está levando a reabilitação com despreocupação", disse a fonte da revista.

A revista informa ainda que Demi Lovato quer vender sua mansão em Los Angeles. O imóvel custa cerca de 45 milhões de reais. "Ela colocou a venda sua casa de Hollywood Hills, onde ela teve a overdose, porque só a ideia de voltar para lá lhe dá arrepios na espinha!", disse a fonte.

Droga pesada

A overdose de Demi Lovato começou no dia 24 de julho às 4 da manhã. Ela enviou uma mensagem para um traficante ir até a sua casa.

A cantora estava em uma festa em West Hollywood e depois foi para a sua casa. O traficante de drogas teria deixado um papel de alumínio com oxicodona. Sem saber, Demi consumiu a droga que teria fentanil (outro opiáceo), a mesma droga que matou Prince e Lil Peep.

O traficante fugiu após perceber que a cantora estava respirando pesado, na cama.

No mesmo dia, Demi foi internada em um hospital de Los Angeles, nos Estados Unidos, após sofrer uma overdose.

A cantora foi levada às pressas e por conta do incidente, sua turnê de "Tell Me You Love Me" na América do Sul foi cancelada. Iria acontecer em seis cidades de Chile, Brasil e Argentina em novembro.



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!